Com apoio da Prefeitura de Itamarandiba comunidade mobiliza mutirão para recuperar nascentes no distrito de Penha de França

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

Cerca de 30 homens participaram da força-tarefa que visa recuperar 05 nascentes que beneficiam aproximadamente 300 famílias.

 

A união faz a força! Essa expressão foi o estopim para que um trabalho coletivo em favor do meio ambiente unisse moradores do distrito de Penha de França, Prefeitura de Itamarandiba e equipe da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente na recuperação de 05 nascentes d’águas localizadas nas proximidades da comunidade penhense.  A parceria foi selada durante encontro realizado entre as partes interessadas; ficando o órgão público responsável por fornecer material e os moradores a mão de obra.

Para execução do primeiro trabalho do projeto, na última sexta-feira, 18 de outubro, a Associação Comunitária dos Produtores Rurais de Penha de França (ACPRPF) organizou um mutirão com aproximadamente 30 pessoas que munidas de foices, facões, arame, postes, pregos, grampos e muita vontade seguiram até o local denominado Lapa do Morcego. No lugar enquanto alguns voluntários cavavam os buracos e realizava o estaqueamento, outros esticavam os fios de arame e os pregavam; e nessa sincronia não demorou muito para que a área de aproximadamente 3.000 m² estivesse totalmente cercada e a mina, que é responsável por abastecer cerca de 80% das casas do distrito, ficasse protegida.

O gerente de agricultura, “Dodó” (blusa vermelha), acompanhou os trabalhos de recuperação da mina Lapa do Morcego. O projeto tem na Prefeitura de Itamarandiba e Secretaria Municipal de Agricultura grandes apoiadores.

 

Grande entusiasta do projeto, o presidente da ACPRPF, Sebastião Lemos, comentou que a proteção das nascentes da região sempre fora pauta constante nas reuniões da entidade; contudo, devido a falta de apoio a iniciativa não se mostrava apta a ser colocada em prática. Entretanto, segundo ele, a situação teve grande reviravolta quando a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Agricultura se propuseram a ajudar. “Graças a Deus nossa Penha é rica em água! Mas, de uns dois anos pra cá a água que abastecia nossa comunidade diminuiu cerca de 70%. O caso nos preocupou! Discutimos o problema em nossas reuniões e o apresentamos nos encontros do CMDRS, com isso a equipe da Secretaria de Agricultura tomou conhecimento da situação e de imediato nos deu muita força. Trouxeram o material e com a união de todos da comunidade fechamos a primeira nascente de um total de cinco.”, diz.

Voluntários se mobilizaram e cercaram a primeira nascente no lugar chamado Lapa do Morcego. Nos últimos dois anos o filete d’água diminuiu cerca de 70%.

 

O gestor municipal de agricultura, Herbert Ferreira, popular Dodó, inspecionou todo o processo de colaboração para se recuperar as nascentes do distrito de Penha de França, inclusive acompanhou de perto os trabalhos de cercamento da área na mina Lapa do Morcego.  Ao enaltecer a iniciativa dos penhenses envolto do problema, ele demostrou seu desejo de que tal mobilização seja exemplo a ser seguido pelas demais regiões que sofrem com a crise hídrica no município de Itamarandiba. “É extremamente importante a união dos moradores para enfrentar e buscar soluções que amenizam a escassez de água em nossa região. A situação é crítica e tem sido tema de discussões constantes da equipe do atual Governo Municipal. Estamos trabalhando com afinco para amenizar os transtornos causados à população, mas infelizmente nem tudo está ao nosso alcance. O trabalho deve ser em conjunto.”, afirmou.

Ao final dos trabalhos na nascente da Lapa do Morcego, que iniciara nos primeiros raios de sol, os participantes do mutirão foram convidados a compartilharem um delicioso almoço preparado por voluntárias da comunidade. 

 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura municipal de Itamarandiba