Prefeitos de vários municípios protestam em frente à ALMG. Prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando, afirma que a falta de repasses, por parte do Governo Estadual, culminou no atraso do pagamento dos professores municipais.  

 

Na última terça-feira, 20, prefeitos dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri fizeram um protesto contra o atraso de repasse de recursos do governo de Minas Gerais aos municípios. Os gestores montaram acampamento em frente à portaria principal da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e prometem ficar acampados até que o governo estadual dê algum retorno sobre a falta de recursos.

O prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves, participa do movimento e tem demonstrado grande preocupação com a situação. Ele exemplificou sua apreensão em posse de dados divulgados pela Associação Mineira de Municípios (AMM) que apontam uma dívida de R$ 11.559.381,39 (onze milhões, quinhentos e cinquenta e nove mil, trezentos e oitenta e um reais e trinta e nove centavos) do Governo de Minas Gerais para com o município itamarandibano.

De acordo com o prefeito Luiz Fernando, em Itamarandiba o setor mais afetado é o da Educação, visto que os professores não receberam o valor integral dos vencimentos referente ao mês de outubro, além disso, a verba para serviço de Transporte Escolar e área da Saúde também não foi repassada. “Todos sabem que a nossa Administração passa pela pior crise financeira de todos os tempos. No entanto, estamos firmes trabalhando pelo desenvolvimento da nossa cidade. Mas, é importante as pessoas saberem que se o Estado de Minas Gerais não repassar os recursos, que são de direito dos municípios, poderá haver um colapso em todas as cidades do Estado. Em Itamarandiba já encontramos dificuldades para pagar salários e fornecedores. São mais de 11 milhões de reais de dívidas com o nosso município, e os valores do FUNDEB e ICMS não foram repassados nesta semana.”, desabafou Alves.

Levantamento feito pela AMM detalha o débito do Governo de Minas para com o município de Itamarandiba. A dívida ultrapassa 11,5 milhões de reais.

 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Mais de 700 produtores rurais de Itamarandiba serão beneficiados com o Programa Sementes Presentes. Além de distribuição de grãos, o projeto prevê a liberação de kit’s horta.

 

A Prefeitura de Itamarandiba, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e imprescindível apoio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater–MG), deu início a distribuição de 790 kg de feijão, 150 kg de sorgo e de 2.500 kg de milho para 359 famílias de produtores rurais do município.

Adquiridos pela Prefeitura e Emater-MG, por meio do Programa Sementes Presentes, junto à Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), a entrega dos grãos começou a ser realizada na segunda quinzena de novembro e os primeiros a recebê-los foram os produtores rurais das regiões de Ribeirão de Areia, Amaros, Santa Joana e Penedo. Ao todo foram entregues nessas comunidades 800 quilos de sementes para cerca de 80 famílias.

Produtores rurais das regiões de Santa Joana e Penedo foram um dos primeiros contemplados com o Programa Sementes Presentes. Dos 3.440 quilos de sementes disponíveis aos agricultores itamarandibanos 800 quilos já foram entregues.  

 

Ao ressaltar os benefícios da aquisição para o agricultor familiar; dentre elas a garantia da segurança alimentar e geração de trabalho e renda no campo, o gestor municipal de agropecuária do município de Itamarandiba, Herculano Campos Gusmão, enfatizou a consolidada parceria existente entre Prefeitura de Itamarandiba e Emater-MG, a qual, segundo ele, tem proporcionado grandes conquistas ao homem do campo.

Gusmão esclareceu, ainda, que os beneficiados foram selecionados levando-se em consideração o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e que além da distribuição de grãos, o Programa Sementes Presentes prevê a liberação do kit horta. “Estamos disponibilizando 3.440 quilos de sementes de feijão, sorgo e milho para quase 360 famílias residentes na zona rural do nosso município. Entretanto, este projeto vai viabilizar, também, o kit horta, composto por diferentes sementes de hortaliças, o qual faremos a entrega nos primeiros meses de 2018. Ao final iremos beneficiar 710 famílias em todo o território itamarandibano.”, explicou Gusmão. 

Por meio da Prefeitura e Emater/MG mais de 3 toneladas de milho, sorgo e feijão serão direcionadas à agricultura familiar. Os grãos, disponibilizados pelo Governo de Minas, garantirão alimento e reforço na renda do produtor rural.

 

Representando a Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Ribeirão de Areia e Adjacências, o presidente da instituição, Sr. Vandeil Geraldo Rodrigues, reconheceu o empenho da Secretaria Municipal de Agricultura e Emater–MG na aquisição das sementes. Ao agradecer o apoio, Rodrigues fez questão de ressaltar que tal conquista irá reforçar a produção e comercialização para os agricultores familiares; os quais, segundo ele, muitas das vezes são invisíveis aos olhos do poder público. “Nossa Associação é muita unida; contudo, só nossa luta não é suficiente para alcançar os objetivos e os interesses da coletividade. É preciso que os órgãos públicos nos dêem sustentação e hoje vejo que estamos tendo o apoio almejado. Toda e qualquer ajuda sempre será bem-vinda.”, diz.

O Programa Sementes Presentes, do Governo do Estado de Minas Gerais, visa o enfrentamento da pobreza no campo e pretende abranger, até o ano que vem, 229 municípios em cinco territórios - Alto, Médio e Baixo Jequitinhonha, Mucuri, Norte e Vale do Rio Doce.      

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

 

Com o evento Itamarandiba se tornará sede do governo estadual por um dia. No encontro, que contará com a presença do governador Fernando Pimentel, serão discutidas ações voltadas a ofertar serviços à população da cidade itamarandibana e de todo o Vale do Jequitinhonha

 

Itamarandiba receberá dia 31 de agosto, próxima quinta-feira, uma das fases dos Fóruns Regionais de Governo do Estado de Minas Gerais. A cidade se tornará sede do governo estadual por um dia e contará com a presença do governador Fernando Pimentel, secretários de Estado, deputados, prefeitos e vereadores jequitinhonhenses, bem como empresários, líderes políticos, agricultores familiares e, ainda, representantes religiosos e de instituições públicas e privadas.

O evento, aberto à população, acontecerá a partir das 08:00 horas no Centro Social Mali Martin, situado à Rua Diamantina, 1.845. O local será palco de inúmeras atividades voltadas a ofertar serviços à população da cidade e de todo o Vale do Jequitinhonha.    

Algumas ações serão direcionadas exclusivamente aos prefeitos e gestores públicos. Para tanto, as Secretarias de Estado de Governo (Segov), de Planejamento e Gestão Pública (Seplag), Transportes e Obras Públicas (Setop) e Cidades e Integração Regional (Secir) terão um único espaço para sanar dúvidas em relação às parcerias firmadas entre municípios e Estado. No local, os gestores públicos terão a chance de conhecer o Programa de Apoio aos Municípios a ao Desenvolvimento Regional, que prevê a doação de um projeto técnico de engenharia e arquitetura para prefeituras de municípios com menos de 100 mil habitantes.

As dependências do Centro Social Mali Martin servirão de palco para debates, oficinas, palestras, feiras e exposições durante a realização dos Fóruns Regionais em Itamarandiba.

 

A Polícia Civil, por exemplo, vai emitir carteira de identidade, atestado de antecedentes e fazer registro de ocorrências. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros também irão apresentar diversas ações e distribuir dicas de segurança.

No mesmo local, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) terão sala exclusiva, que vai funcionar como uma agência de atendimento.

O consumidor poderá negociar dívidas, quitar e solicitar emissão de segunda via da conta, tirar dúvidas sobre faturas, tarifas e requisitar religação. Durante o encontro, a Cemig vai distribuir lâmpadas para quem apresentar a última conta de luz paga, limitada a duas lâmpadas por consumidor. A entrega das lâmpadas será a partir do meio-dia.

Além disso, o público presente poderá participar de debates, oficinas, palestras e, ainda, visitar as feiras da agricultura familiar, da economia popular solidária, exposição de artesanato e apreciar a programação cultural.

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

 

* Com informações da Secretaria Extraordinária de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (SEEDIF)

O evento, a ser realizado de 24 a 26 de agosto, desenvolverá atividades que visam despertar o olhar, o interesse e o engajamento da população para a preservação do patrimônio material e imaterial de Minas Gerais.

 

A Secretaria de Estado de Cultura, por meio do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA/MG), tem realizado, durante todo o mês de agosto, a 6ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais. Aproximadamente 640 municípios mineiros participam do evento; dentre eles Itamarandiba que receberá a “Jornada” nos dias 24, 25 e 26 de agosto.

Com vasta programação e atividades que acontecem em todos os territórios regionais, a 6ª Jornada reúne exposições, feiras, apresentações musicais e de teatro, seminários, encontros de grupos e culturas populares, visitas guiadas, publicações e, ainda, ações que se relacionam com a preservação do patrimônio cultural de cada municipalidade participante. Nesse sentido, na cidade itamarandibana foi proposto à realização da 1ª Semana Cultural do Município de Itamarandiba que contará com palestras acerca da Preservação do Patrimônio Público, exposição fotográfica do Patrimônio Histórico de Itamarandiba, roda de viola e apresentações culturais com a participação de escolas e comunidades.

O tema proposto pelos organizadores é "Outros olhares sobre o Patrimônio Cultural" e o objetivo é despertar o olhar, o interesse e o engajamento da população para a preservação do patrimônio material e imaterial de Minas Gerais.

A Prefeitura de Itamarandiba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, é grande parceira do projeto e não tem medido esforços para que o município seja exemplo de valorização, respeito e disseminação do patrimônio cultural e artístico.

Para a gerente de cultura, turismo e patrimônio de Itamarandiba, Leda Aguiar Rabelo, a 6ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais, bem como a 1ª Semana Cultural do Município de Itamarandiba são eventos que darão aos itamarandibanos e visitantes a oportunidade de conhecerem a riquíssima diversidade cultural e patrimonial existente na região. “Valorizar a memória cultural local, através das mostras culturais e suas representações na formação da cidadania é fazer valer a nossa identidade.”, disse a gerente.

Vale destacar que as Prefeituras Municipais que aderiram a Jornada e que comprovarem a realização das ações conforme a Deliberação Normativa do Conselho Estadual do Patrimônio Cultural (CONEP) terão direito à pontuação no programa ICMS Patrimônio Cultural.

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

 

A Jornada

A Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais teve sua inspiração inicial na experiência francesa das Journées du Patrimoine. Criado na França em 1984, o evento se consolidou por marcar, de forma nacional e anualmente, um final de semana de mobilização popular em torno da valorização e preservação do patrimônio francês. O sucesso na França foi tanto que hoje a Jornada Francesa expandiu-se para todo o Velho Continente.

Nas últimas quatro edições realizadas, 1.500 proponentes promoveram cerca de 3.500 ações abordando diferentes temas sobre o patrimônio cultural. Com a participação de mais de 500 municípios, a iniciativa foi agraciada com o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade de 2010, na categoria Divulgação do Patrimônio Cultural. O prêmio é um reconhecimento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), que valoriza as ações que se destacam na preservação do patrimônio cultural do país.      

Serviço:

Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais

Quando: 1º a 31 de agosto de 2017

Onde: em mais de 600 municípios mineiros

Com informações: Agência Minas - http://www.agenciaminas.mg.gov.br/

Endereço

Canal de vídeos

Rede Social