Evento, a ser realizado de 17 a 20 de outubro, é considerado o maior festival gastronômico dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

 

A Associação do Circuito Turístico das Pedras Preciosas (ACITUPP), com incondicional apoio da Prefeitura itamarandibana e Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Patrimônio, vai promover em Itamarandiba, nos dias 17, 18, 19 e 20 de outubro de 2018, o Festival Gastronômico e Cultural “Arte e Sabor”.

Idealizado com a finalidade de valorizar e promover os sabores dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, o projeto chega à Itamarandiba já consolidado como o maior festival gastronômico da região. E para que o evento seja sucesso de público e crítica; organizadores e proprietários dos comércios participantes se reuniram, na última semana, para discutirem acerca do projeto, sua programação, bem como toda a logística de funcionamento dos comércios durante os 04 dias de festival.

O encontro, realizado na sede da Secretaria Municipal de Cultura, contou com a presença do turismólogo responsável técnico da ACITUPP, Bruno de Sá, gerente municipal de cultura e turismo, Leda Rabelo, procurador do município, Pedro Afonso, membros do Conselho Municipal de Turismo e comerciantes dos estabelecimentos que participarão do Festival Gastronômico e Cultural “Arte e Sabor”, sendo eles: Restaurante Posto Bodão; Alambique Bar, Restaurante e Pizzaria; Arte Mineira Restaurante e Pizzaria; e Restaurante Mix Center Bat.

A gerente municipal de cultura, Leda Rabelo, enfatizou que a reunião serviu para acertar detalhes que tendem a contribuir com o sucesso do evento, dentre eles, a definição e cadastro dos pratos que cada restaurante irá servir, o estilo musical mais adequado para a ocasião e dicas de boas maneiras no atendimento. “É com muita felicidade que receberemos o Festival Gastronômico em Itamarandiba. o evento será em outubro, mas já estamos trabalhando arduamente para que itamarandibanos e visitantes tenham noites agradabilíssimas. Nossa ideia é propor e realizar o resgate cultural através de pratos típicos e apresentações musicais que retratam nossas origens.”, diz Rabelo. 

No decorrer do encontro, o turismólogo, Bruno de Sá, explicou passo a passo os procedimentos do projeto e como se dará a programação na Capital Brasileira do Eucalipto. Na oportunidade, ele informou que a ACITUPP irá custear parte dos cachês destinados aos músicos que se apresentarão nos estabelecimentos participantes durante o “Arte e Sabor.”.

 

Ernane Frois

ASCOM: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Publicado em DESTAQUE

Durante o encontro, empresários ligados às atividades de turismo puderam cadastrar seus estabelecimentos no Ministério do Turismo. O registro assegura a legalização da atividade e oferta ajuda no melhoramento do negócio.

 

A Associação do Circuito Turístico das Pedras Preciosas (ACITUPP), em parceria com a Prefeitura de Itamarandiba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Patrimônio, promoveu, na quinta-feira (17/05), encontro para se debater junto a empresários locais o projeto Rede de Turismo.

A reunião, realizada na Secretaria Municipal de Educação, contou com a presença do turismólogo responsável técnico da Associação, Bruno de Sá, gerente municipal de cultura e turismo, Leda Rabelo, procurador do município, Pedro Afonso, membros do Conselho Municipal de Turismo, gerente de unidade de conservação do Parque Estadual da Serra Negra, Wanderley Pimenta, e pessoas ligadas às atividades turísticas da região, dentre elas: empresários da rede hoteleira, proprietários de comércios alimentícios e de agentes vinculados ao transporte turístico.   

Reunião contou com a presença de empresários da rede hoteleira, proprietários de comércios alimentícios e de agentes vinculados ao transporte turístico.

 

De acordo com o turismólogo, Bruno Sá, o principal objetivo da reunião era apresentar melhorias na qualidade dos serviços e atrativos turísticos do município de Itamarandiba, bem como estimular a cooperação entre todos aqueles envolvidos com o setor turístico regional.

Na oportunidade, Bruno Sá, lembrou aos participantes que a Lei Nº 11.771/2008 obriga todos os estabelecimentos de hospedagem, agências de turismo e organizadores de eventos a possuírem cadastro junto ao Ministério do Turismo. Nesse sentido, o encontro serviu, também, como oportunidade de conhecimento e de incentivo aos empreendedores itamarandibanos a tal registro. “É com alegria que apresentamos o projeto Rede de Turismo. Com ele, pretendemos realizar um mutirão de cadastramento no Cadastur. Além disso, levantaremos diagnósticos tecnológicos para incentivar a melhoria dos negócios ligados ao setor turístico, capacitações, seminários, palestras, workshops, visitas técnicas, intervenções para a estruturação dos atrativos turísticos do município e formação de uma rede de turismo entre pessoas e os empreendimentos ligados à atividade turística da região.”, afirmou.  

A gerente municipal de cultura e turismo, Leda Rabelo, e o turismólogo responsável técnico da ACITUPP, Bruno de Sá, acreditam veemente no potencial turístico de Itamarandiba.

 

Conhecedora do grande, porém pouco explorado, potencial turístico do município de Itamarandiba, a gerente municipal, Leda Rabelo, mencionou que o projeto Rede de Turismo chega para alinhar os empresários locais à ascensão do turismo na municipalidade. “As belezas de Itamarandiba estão espalhadas aos quatro cantos do município. A rica fauna e flora se ajustam às maravilhosas cachoeiras, pinturas rupestres, cânions, piscinas naturais e casarões em estilo colonial. Infelizmente, todo este potencial ainda é pouco explorado. Entretanto, com parceria e dedicação vamos alavancar e dar novos rumos ao turismo itamarandibano.”, diz.

 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Endereço

Rede Social