DESTAQUE

DESTAQUE (4)

Evento, a ser realizado de 17 a 20 de outubro, é considerado o maior festival gastronômico dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

 

A Associação do Circuito Turístico das Pedras Preciosas (ACITUPP), com incondicional apoio da Prefeitura itamarandibana e Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Patrimônio, vai promover em Itamarandiba, nos dias 17, 18, 19 e 20 de outubro de 2018, o Festival Gastronômico e Cultural “Arte e Sabor”.

Idealizado com a finalidade de valorizar e promover os sabores dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, o projeto chega à Itamarandiba já consolidado como o maior festival gastronômico da região. E para que o evento seja sucesso de público e crítica; organizadores e proprietários dos comércios participantes se reuniram, na última semana, para discutirem acerca do projeto, sua programação, bem como toda a logística de funcionamento dos comércios durante os 04 dias de festival.

O encontro, realizado na sede da Secretaria Municipal de Cultura, contou com a presença do turismólogo responsável técnico da ACITUPP, Bruno de Sá, gerente municipal de cultura e turismo, Leda Rabelo, procurador do município, Pedro Afonso, membros do Conselho Municipal de Turismo e comerciantes dos estabelecimentos que participarão do Festival Gastronômico e Cultural “Arte e Sabor”, sendo eles: Restaurante Posto Bodão; Alambique Bar, Restaurante e Pizzaria; Arte Mineira Restaurante e Pizzaria; e Restaurante Mix Center Bat.

A gerente municipal de cultura, Leda Rabelo, enfatizou que a reunião serviu para acertar detalhes que tendem a contribuir com o sucesso do evento, dentre eles, a definição e cadastro dos pratos que cada restaurante irá servir, o estilo musical mais adequado para a ocasião e dicas de boas maneiras no atendimento. “É com muita felicidade que receberemos o Festival Gastronômico em Itamarandiba. o evento será em outubro, mas já estamos trabalhando arduamente para que itamarandibanos e visitantes tenham noites agradabilíssimas. Nossa ideia é propor e realizar o resgate cultural através de pratos típicos e apresentações musicais que retratam nossas origens.”, diz Rabelo. 

No decorrer do encontro, o turismólogo, Bruno de Sá, explicou passo a passo os procedimentos do projeto e como se dará a programação na Capital Brasileira do Eucalipto. Na oportunidade, ele informou que a ACITUPP irá custear parte dos cachês destinados aos músicos que se apresentarão nos estabelecimentos participantes durante o “Arte e Sabor.”.

 

Ernane Frois

ASCOM: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Melhorias no telhado do HMGFG já estão em execução. Para tanto, Prefeitura adquiriu material e contratou mão de obra especializada.

 

Com investimento custeado 100% com dinheiro do próprio município, a Prefeitura Municipal de Itamarandiba iniciou, no dia 06 de agosto, a restauração do telhado do Hospital Municipal Geraldo Ferreira Gandra (HMGFG). Para que o serviço seja executado de maneira correta e em um período de curto tempo, evitando assim desconforto a pacientes e funcionários, a Prefeitura contratou mão de obra especializada que já começou a retirada das telhas antigas e do madeiramento danificado.  

O prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves, em companhia do secretário municipal de saúde, Antônio Andrade, esteve no local para acompanhar de perto os primeiros procedimentos da obra. Os dois gestores foram recepcionados pela diretora administrativa e pelo diretor clínico do HMGFG, respectivamente, enfermeira, Alcione Guimarães Moraes, e o médico neurologista, Valdir Silveira Afonso.  

Diretor clínico, Dr. Valdir Silveira, diretora administrativa, Alcione Guimarães, prefeito Luiz Fernando e secretário municipal de saúde, Antônio Andrade, durante vistoria na reforma do telhado do HMGFG.

 

Durante a visita de inspeção, o prefeito Luiz Fernando explicou que o telhado possui aproximadamente 1.850m² e para restaurá-lo a Prefeitura itamarandibana adquiriu grande volume de material; dentre eles, calhas, telhas, rufos, madeiras, pregos e parafusos. Ressaltando a importância do HMGFG no atendimento médico regional, o chefe do executivo reforçou, ainda, o empenho demonstrado pela administração 2017/2020 para executar e entregar, o quanto antes, obra que, segundo ele, será em beneficio da população de Itamarandiba e dos demais municípios da região. “Muitas telhas, assim como parte do madeiramento, estão estragadas. Além do desconforto causado, existe a questão da segurança; sendo assim, não estamos medindo esforços para realizar este serviço que será pago com verba própria.”, diz Alves.

 

Ernane Frois

ASCOM:Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Com a criação do CEM muitos itamarandibanos não precisarão se deslocar à Diamantina, Belo Horizonte, Montes Claros e outros lugares para realizarem determinadas consultas. Os encaminhamentos são realizados pelas equipes das Unidades Básicas de Saúde. Tudo muito rápido e sem grandes filas!

 

No intuito de prestar e promover serviços de saúde diferenciado, rápido e de qualidade à população do município, a Prefeitura itamarandibana, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, planejou e implantou em Itamarandiba o Centro de Especialidades Municipal (CEM); o qual vai garantir aos moradores da sede, distritos e demais comunidades, um atendimento preciso e instantâneo; facilitando assim a vida daqueles que muitas das vezes necessitavam recorrer a um atendimento particular ou especializado em outras municipalidades.

Instalado na região central da cidade, o espaço conta com profissionais altamente capacitados e vai ofertar mensalmente mais de 2.300 atendimentos em 08 especialidades, sendo elas: cardiologia, endocrinologia, pediatria, ginecologia, fonoaudiologia, fisioterapia, psicologia e nutrição.

O ginecologista, Dr. Geraldo Rodrigues, e o cardiologista, Dr. Jailton Neves, fazem parte do corpo clínico que presta relevantes serviços no Centro de Especialidades Municipal. Por mês mais 2.300 consultas são ofertadas.

 

O prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves, um dos articuladores na idealização do projeto, enfatizou que o CEM foi criado para humanizar o tratamento e melhorar a qualidade de vida dos pacientes, em especial àqueles que necessitam de atendimento fora do município, visto que agora muitas pessoas não precisarão se deslocar à Diamantina, Belo Horizonte, Montes Claros e/ou outras localidades para realizarem determinadas consultas. “Ao criarmos o Centro de Especialidades Municipal reforçamos nosso compromisso de sempre cuidar da saúde e qualidade de vida da nossa gente. Esse Centro, sem dúvidas, é um ganho para toda a sociedade. Com ele vamos aperfeiçoar a qualidade do atendimento aos cidadãos, facilitar o acesso à saúde e reduzir a espera por consultas especializadas.”, diz Alves.

Em funcionamento desde o mês de abril do corrente ano, porém inaugurado oficialmente na segunda quinzena de julho, o CEM tem prestado grande serviço à sociedade e com isso conseguido transformar a realidade da saúde de Itamarandiba. À frente da coordenação do Centro desde a implantação, a enfermeira Herícia Lima reconhece este feito e enalteceu o empenho da Prefeitura e Secretaria Municipal de Saúde na condução do espaço e na busca de alternativas que possibilitem o aumento na oferta de consultas e de especialidades no lugar. “Por muito tempo era um incômodo, um cenário de filas e longos períodos de espera. Felizmente isso ficou no passado! Hoje ofertamos agendamento de várias especialidades a qualquer dia. Mas, para isso foi necessário uma série de investimentos. A cada dia estamos melhorando a infraestrutura, ampliando o atendimento para mais pacientes, capacitando e aumentando o número de funcionários. Tudo isso com uma única finalidade: proporcionar um atendimento digno e eficiente para a população de Itamarandiba.”, diz a coordenadora.

Inaugurado a poucos dias, o CEM oferta atendimento nas especialidades: cardiologia, endocrinologia, pediatria, ginecologia, fonoaudiologia, fisioterapia, psicologia e nutrição. A expectativa é de que, em breve, novas especialidades médicas sejam disponibilizadas.

 

O Centro de Especialidades Municipal está situado na Travessa Tabelião Andrade, Nº 90, (próximo a Secretaria Municipal de Saúde) e os atendimentos são realizados de segunda a sexta-feira das 07:00 às 18:00 horas; em alguns sábados há atendimentos também. O paciente recebe o encaminhamento da Unidade Básica de Saúde (UBS), onde se iniciou o tratamento, e comparece ao CEM com dia e hora marcada. Tudo muito rápido e sem grandes filas!

Saiba mais dobre o Centro de Especialidades Municipal (CEM):

Atendimentos mensais:

  • Cardiologia = 120
  • Endocrinologia = 70
  • Pediatria =100
  • Ginecologia= 260
  • Fonodiaulogia = 100
  • Fisioterapia= 1.500
  • Psicologia= 100
  • Nutrição= 60

 

Profissionais e cargos ocupados:

  • Geraldo Rodrigues de Araújo = Ginecologista
  • Isabela Mattos Abdalla = Cardiologista
  • Jailton Neves Fernandes = Cardiologista
  • Jhonatan José Daimon Alves Rabelo = Endocrinologista
  • Maria Beatriz Vieira Gomes = Pediatra
  • Olga Mariani de Araújo Ferreira = Nutricionista
  • Rosali Campos Ferreira Fernandes = Fonoaudióloga
  • Rosilene Gomes Cordeiro = Psicóloga
  • Rafaela Aparecida Nunes Carvalho = Fisioterapeuta
  • Helaine Gomes de Souza = Fisioterapeuta
  • João Henrique Batista Dos Santos = Fisioterapeuta
  • Herícia Geralda Carneiro Lima Pereira = Coordenadora
  • Nilza Aparecida Silva = Técnica de enfermagem
  • Dilson Magno de Meira = Técnica de enfermagem
  • Marlene Jesus Fernandes = Auxiliar de serviços gerais
  • Simone Souza Lima Nunes = Recepcionista

 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Os aparelhos já estão em posse de todos os agentes que atendem a população de Itamarandiba. Além de extinguir fichas de papel, o investimento visa melhorar as condições de trabalho e agilizar o atendimento aos usuários.

 

A prefeitura de Itamarandiba, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou, na tarde de quarta-feira, 25/07, a entrega de 81 tablets aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) do município. A solenidade de oficialização de distribuição dos aparelhos foi realizada no Plenário da Câmara Municipal e contou com a presença do prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves, secretário municipal de saúde, Antônio Andrade, coordenadora da atenção primária, Luciana Piovezan, coordenadora do centro de especialidades municipal, Herícia Lima, gestora de média complexidade da saúde, Alda Alves e vários profissionais ligados à área da saúde de Itamarandiba.

De acordo com o prefeito Luiz Fernando, os aparelhos agilizarão o atendimento aos usuários e trará aos ACS’s maior confiabilidade na execução dos trabalhos. O prefeito destacou, ainda, a importância que os agentes comunitários possuem dentro de um sistema que visa levar e aprimorar atendimento de qualidade aos cidadãos. “Na saúde a prevenção é o melhor caminho. Nesse sentido, é explicito que vocês desenvolvem um trabalho fundamental, pois estão diariamente no convívio dos lares alertando e cuidando das pessoas. Esse trabalho a médio e longo prazo surte ótimos resultados.”, diz.

Prefeito Luiz Fernando, secretário de saúde de Itamarandiba, Antônio Andrade, e as coordenadoras, Luciana Piovezan e Herícia Lima, marcaram presença na solenidade de entrega dos 81 tablets aos ACS’s do município.  

 

Os tablets foram adquiridos ao custo aproximado de 70 mil reais, valor custeado pelo Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ-AB), e foram repassados a todos os agentes que atendem a população da zona urbana e das comunidades do interior do município. O secretário de saúde de Itamarandiba, Antônio Andrade, enfatizou este investimento que, segundo ele, objetiva melhorar as condições de trabalho dos ACS’s e completou: “Na esfera da nossa regional, Itamarandiba foi o primeiro município a comprar os tablets e realizar a implantação do sistema. Este é um ganho para toda a população; pois com o aparelho em mãos o agente comunitário vai colher informações de maneira rápida e eficiente; consequentemente os profissionais da saúde terão uma análise mais completa e real de cada paciente.”, comentou Andrade.

Ressaltando que os aparelhos já estão em posse dos ACS’s há cerca de 30 dias, a coordenadora da atenção primária, Luciana Piovezan, argumentou que, além de facilitar o serviço dos agentes, a nova ferramenta de trabalho aboliu gastos com fichas de papel, bem como aniquilou a perda de tempo com preenchimentos de formulários e transferências de dados para o computador.  Piovezan observou, ainda, que as conquistas vão além dessas aquisições; ela enalteceu, por exemplo, a ampliação de serviços básicos nos ESF’s da sede municipal e dos distritos. “Temos empenhado em promover e ofertar grandes benefícios à população de Itamarandiba. Recentemente implantamos consultório odontológico nos ESF’s Dr. José Pavie e 1º de Maio; e disponibilizamos mais 02 salas de vacinas, uma no ESF Dr. Sebastião Gusmão e outra no ESF São Geraldo. Além disso, estamos trabalhando com muito afinco para implantar, em breve, consultório odontológico no ESF do distrito de Santa Joana e sala de vacina no ESF de Penha de França. Essas são melhorias que fazem diferença na vida de muitos itamarandibanos.”, afirmou.

Uso da tecnologia em benefício do cidadão. Esse é o propósito da Prefeitura Municipal e da Secretaria de Saúde de Itamarandiba ao distribuírem tablets aos 81 ACS’s do município.

Ernane Frois

ASCOM: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Endereço

Rede Social