Quinta, 21 Setembro 2017 14:50

Fórum Municipal Lixo e Cidadania discute educação ambiental e implantação de coleta seletiva em Itamarandiba

Durante o evento, o prefeito Luiz Fernando assegurou que até 2019 o município de Itamarandiba terá sua usina de triagem, reciclagem e compostagem de lixo.  

 

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, em parceria com a Prefeitura de Itamarandiba, promoveu, no dia 20 de setembro, o 1ª Fórum Municipal Lixo e Cidadania. Com o tema “Itamarandiba Reciclando Atitudes Repensando o Futuro”, o evento objetivou debater assuntos pertinentes a educação ambiental, bem como promover o envolvimento dos diversos seguimentos da sociedade civil, poder público municipal e catadores de materiais recicláveis na gestão integrada dos resíduos sólidos urbanos; para tanto teve como pauta central de discussão a implantação da coleta seletiva com a inclusão social.

Realizado no Plenário da Câmara de Vereadores, o 1ª Fórum Municipal Lixo e Cidadania contou com a presença do prefeito itamarandibano, Luiz Fernando Alves, secretários municipais, vereadores, representantes de associações e da sociedade civil.

De acordo com o secretário municipal de desenvolvimento e assistência social, Alexandre Milton de Andrade, o Fórum veio com a proposta de fomentar e despertar na população e instituições públicas e/ou privadas o interesse em serem participativos nas ações e projetos que visam promover a educação ambiental. “Não basta o poder público fazer sua parte. Atuações de cunho ambiental são de responsabilidade e devem ser de preocupação de toda a sociedade. Portanto, é preciso que nos sensibilizemos e mobilizemos par tal.”, diz.

O prefeito Luiz Fernando, por sua vez, lembrou que a Prefeitura Municipal tem se preocupado com as questões que envolvem o meio ambiente. Dando conformidade à sua afirmação, o prefeito ressaltou que está em curso, já avançado, o projeto de implantação de uma usina de triagem, reciclagem e compostagem de lixo para o município de Itamarandiba. “Já conseguimos um convênio com a FUNASA, através do Deputado Federal Luis Tibe, no valor de 250 mil reais para aquisição de equipamentos. A AMAJE já fez o projeto do galpão, em que o município gastará cerca de 300 mil reais de recursos próprios. Já desapropriamos 03 hectares da Aperam BioEnergia. Os trabalhos estão avançados e devem ser concluídos até 2019. É uma demanda de mais de 50 anos que faremos nos dois primeiros anos de nosso mandato.", afirmou.

Ernane Frois

ASCOM: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Última modificação em Sexta, 06 Outubro 2017 20:11

Endereço

Rede Social