Após 10 anos de obstrução, galerias no Trevo de Itamarandiba passam por limpeza

Ao longo de uma década cinco redes pluviais, localizadas no principal Trevo de acesso à Itamarandiba, ficaram obstruídas. Com o entupimento das galerias enxurradas e lama desciam para a cidade, causando assim grandes transtornos à população.

 

A Prefeitura de Itamarandiba e o Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), com fundamental apoio da Copasa, realizaram nos dias 24 e 25 de maio a desobstrução de cinco galerias de contenção de enxurradas no trevo entroncamento das MG’s 117, 451 e 214; chegadas dos municípios de Coluna, Carbonita e Senador Modestino Gonçalves.

O prefeito itamarandibano, Luiz Fernando Alves, em companhia do engenheiro da Prefeitura, Otávio Augusto Menezes Della Testa, esteve no local acompanhando de perto os trabalhos de limpeza das redes pluviais que, segundo informações, estavam entupidas há cerca de 10 anos. Ele argumentou que a expurgação dos bueiros irá amenizar os transtornos causados com as enxurradas e lama que descem para dentro da cidade. “Contando com a parceria do DER/MG e Copasa, órgãos aos quais agradecemos, conseguimos retirar das cinco galerias quantidade considerável de lixo e lama que devido ao tempo que ali estavam já tinham petrificado; o que dificultou na conclusão dos trabalhos. Agora com a retirada do material sólido e volumoso que obstruíam as galerias o fluxo da água não será direcionado para os bairros próximos; evitando assim, os alagamentos que tanto prejudicam o cidadão.”, assegura Alves.

A desobstrução de redes pluviais é apenas uma das ações de contenção de enxurradas e lamas; o descarte do lixo deve ser feito com muito cuidado pela população; pois o despejo de rejeitos em vias públicas ou em locais inadequados contribui para grandes transtornos que coloca em risco a saúde pública.

Ernane Frois

Ascom : Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Última modificação em Sexta, 26 Maio 2017 13:10

Endereço

Rede Social