A Prefeitura Municipal de Itamarandiba, em parceria com a Associação dos Moradores do Bairro Bom Jesus (AMBJE), vai realizar, na próxima quinta-feira, 14 de dezembro, às 18:00 horas, na sede do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Extração de Madeira e Lenha de Itamarandiba e Turmalina, a Plenária do Orçamento Participativo que discutirá propostas de obras a serem executadas no ano de 2018.   

De acordo com o prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves, recentemente gestores municipais e representantes da AMBJE fizeram levantamentos que apontaram as obras consideradas prioritárias pelos moradores do bairro.  Sendo assim, a Prefeitura colocará em votação 03 sugestões de obras; das quais uma será escolhida para ser executada em 2018, já prevista em orçamento de 2018. “Nos precavemos, economizamos e com recurso próprio realizaremos alguns trabalhos de infraestrutura no município. Porém, é a população quem vai decidir quais serviços deverão ser feitos primeiro. Na plenária que promoveremos no bairro Bom Jesus, por exemplo, os moradores irão escolher entre a execução de rede pluvial em Ruas do bairro, a urbanização da Praça da Igreja do Bom Jesus e ou, ainda, se preferem que a Prefeitura faça um novo acesso ao bairro construindo uma via que ligará a Rua do Contorno à Rua Capitão Paula.”, explicou.

Além do bairro Bom Jesus, a Prefeitura vai promover, ainda este ano e no mais tardar em janeiro próximo, nos demais bairros e distritos encontros que visam discutir as prioridades de investimentos para as comunidades no ano de 2018. Para tanto, a Gestão Municipal incluiu no orçamento do próximo ano o valor global de 1 milhão  de reais que será dividido entre os bairros e distritos do município.

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

 

 

Com total apoio da Prefeitura de Itamarandiba, a ação contará com a presença do Papai Noel, distribuição de guloseimas e espaço exclusivo para a criançada brincar.

 

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), com incondicional apoio da Prefeitura Municipal, trará à Itamarandiba, na próxima quinta-feira (14/12), a Carreta do Papai Noel da Cemig. Além de levar a magia natalina ao povo itamarandibano, a ação tem por objetivo alegrar crianças de todas as idades, que poderão tirar fotos com o bom velhinho e ganharem algumas guloseimas. A ação será realizada, na Praça dos Agricultores, das 16h às 22 horas.

O engenheiro da Cemig, coordenador da iluminação de Natal, Kelson Dias de Oliveira, ressaltou ser tradição a empresa presentear os belo-horizontinos com a decoração de natal; entretanto, este ano a estatal se propôs a levar a magia desta época, também, ao interior do Estado; sendo Itamarandiba uma das 14 cidades mineiras que contarão com o projeto. “Achamos que outras localidades também merecem essa atenção e por isso criamos essa ideia para percorrer algumas regiões e levar um pouco desse evento para todas as pessoas.”, afirma.

De acordo com o prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves, a Prefeitura não poupa esforços para colaborar com ações que tragam alegria e bem-estar aos moradores do município. Nesse sentido, ele argumentou que para receber a Carreta do Papai Noel a Prefeitura disponibilizou espaço e se envolveu em toda a logística necessária para o sucesso do evento. Alves recordou, ainda, que a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, vai disponibilizar área exclusiva com muitos brinquedos para as crianças. “Apoiar a vinda da Carreta de Natal da Cemig, que conta a presença do Papai Noel e seus ajudantes, é ofertar momento de alegria e interação entre pais e filhos. Durante sua estadia aqui, a criançada poderá tirar foto com o bom velhinho e se divertir nos brinquedos que disponibilizaremos.”, diz Alves.    

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Avenida Julia Goulart, bairro São Geraldo, foi uma das primeiras vias a ter a lama retirada.

 

A Prefeitura de Itamarandiba, por meio da Secretaria Municipal Obras e Serviços Urbanos, deu início, na manhã de hoje, aos trabalhos de limpeza de várias Ruas, Avenidas e Praças dos bairros de Itamarandiba. Tais vias ficaram enlamaçadas após forte chuva atingir, na noite de ontem, 05 de dezembro; a sede municipal; causando transtornos à população.  

Além de mão de obra, a Prefeitura de Itamarandiba disponibilizou 01 pá carregadeira e 02 caminhões caçambas para que os trabalhos fossem executados em tempo hábil.

 

De acordo com o secretário municipal de obras, Eurípdes Vitor Mendes, após cuidadosa vistoria, a Secretaria de Obras deslocou para os pontos mais afetados servidores municipais e maquinários. A Avenida Julia Goulart, bairro São Geraldo, foi uma das primeiras vias a ter a lama retirada. Para que o serviço fosse executado em tempo hábil, evitando assim outros problemas, foi usado na operação 01 pá carregadeira e 02 caminhões caçambas. “Fizemos uma inspeção em todos os bairros e constatamos os locais que necessitavam de limpeza. Começamos pelo São Geraldo e daremos prosseguimento aos trabalhos em outras regiões como Capão da Elena, bairro 1º de Maio e etc.”, explicou o secretário.  

Após forte chuva, várias Ruas de Itamarandiba foram tomadas pela lama. A Prefeitura já começou o trabalho de limpeza que se estenderá a todos os bairros da cidade.

 

Durante o levantamento dos danos causados pela chuva, constatou-se que os estragos não foram maiores em virtude de as caixas de contenção, localizadas na parte alta da cidade, estarem limpas; conseguindo assim segurarem grande parte da enxurrada que em outras ocasiões invadia as ruas de Itamarandiba.

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

 

Pela primeira vez, Itamarandiba chega à final de um torneio regional. A decisão será contra a Juventus de Minas Novas em jogos de ida e volta nos dias 10 e 16 de dezembro; domingo e sábado, respectivamente.

 

Como esperado, a entrega e o equilíbrio foram a tônica das duas partidas entre a Seleção de Itamarandiba e Divinolândia de Minas pela fase semifinal da Copa União das Ligas. Competição que reuniu os principais times dos municípios dos Vales do Jequitinhonha e Rio Doce. No primeiro confronto, realizado em 30 de novembro na cidade divinolandense, as equipes ficaram no empate (0 a 0); deixando, a disputa pela vaga na finalíssima para o dia 03 de dezembro, no Estádio Municipal Niquinho Gandra, em Itamarandiba.

Assim como aconteceu nas quartas de final, quando a Seleção de Itamarandiba conseguiu eliminar o forte time do Aranãs da cidade de Capelinha, a classificação para a grande final da Copa União das Ligas veio após uma disputa muito equilibrada. As duas equipes demonstraram muita raça e vontade a cada dividida. Entretanto, a técnica do time de Itamarandiba prevaleceu e com gol marcado, aos 20 minutos do segundo tempo, pelo meio-campista Dega, a Seleção Itamarandibana venceu o confronto por 1 a 0 e agora medirá forças na grande final com o excelente time da Juventus da cidade de Minas Novas.    

A façanha de chegar à decisão é motivo de orgulho para atletas, comissão técnica, torcedores e dirigentes que vêem na Seleção de Itamarandiba um exemplo de como o esporte precisa e merece ser valorizado pelo poder público. O gestor municipal de esportes, Vinicius Lima, comemorou o resultado e fez questão de lembrar ser a primeira vez que Itamarandiba chega a uma final de competição regional. “Itamarandiba sempre se destacou nos torneios de futebol. Infelizmente, ficamos muitos anos sem termos uma seleção; não por falta de atletas, mas, sim por falta de apoio. Essa realidade mudou; hoje nós da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, damos o suporte e a estrutura que os atletas necessitam. O resultado é esse! Já em nossa primeira disputa chegamos à final de uma competição que reuniu os principais times da região.”.

Estádio Municipal Niquinho Gandra, em Itamarandiba, receberá, no próximo domingo (10/12), o 1º jogo da final. Time e dirigentes contam com a força da torcida itamarandibana para que a Seleção de Itamarandiba saia com um bom resultado.

 

A grande final da Copa União das Ligas será disputada em jogos de ida e volta nos dias 10 e 16 de dezembro, domingo e sábado, respectivamente. A expectativa dos organizadores é de que o confronto seja muito equilibrado, uma vez que as duas equipes fizeram campanhas bem parecidas; com o time da Juventus superando a equipe itamarandibana no número de gols marcados. Essa vantagem deu ao time de Minas Novas o direito de fazer o segundo jogo da final em casa.

Sendo assim, a primeira partida da decisão será no próximo domingo, 10/12, às 16:00 horas no Estádio Municipal Niquinho Gandra, em Itamarandiba; e desde já, a comissão técnica e dirigentes convidam toda população para comparecer ao local para torcer pelos nossos atletas. 

A Copa União das Ligas teve início no dia 16 de setembro e contou com 18 times em diferentes categorias. Até o momento, foram disputadas 80 partidas e marcados 100 gols. Artur, atacante da Seleção de Itamarandiba, é artilheiro geral da competição. Ele já balançou as redes 09 vezes.  

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Para tentar salvar HNSS, 32 prefeitos da região se uniram na busca de recursos. A comitiva já solicitou ajuda ao Governo do Estado e deputados.

 

No dia 28 de novembro a Administração Provedora do Hospital de Nossa Senhora da Saúde (HNSS), instalado em Diamantina e que presta relevantes serviços aos municípios do Vale do Jequitinhonha, divulgou Ofício informando que a entidade, a partir da próxima sexta-feira (01 de dezembro), não atenderá em nenhuma de suas clínicas e manterá suas portas fechadas, cuidando apenas dos pacientes já internados e buscando suas transferências. No documento é explicado, ainda, que a medida se faz necessária em função de a instituição não possuir condições financeiras para honrar os compromissos firmados com o corpo clínico e que a situação pode se agravar, inclusive, com a paralisação do Hospital.

Ante a essa preocupante notícia o presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Alto Jequitinhonha (AMAJE), prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves, e o presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Alto Jequitinhonha (CISAJE), prefeito de Diamantina, Juscelino Brasiliano Roque, em companhia de mais 30 prefeitos da região, reuniram-se, em caráter de urgência, com o secretário de Estado de Saúde, Sávio Souza Cruz. O encontro aconteceu na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, no mesmo dia da divulgação do Ofício, 28 de novembro, e serviu para que a comitiva, formada por diretores do HNSS, 32 prefeitos, vereadores e secretários municipais da região jequitinhonhense, reivindicasse recursos que possam dar sobrevida ao Hospital.

Com 114 anos de existência, o HNSS, entidade filantrópica administrada pela Irmandade Nossa Senhora da Saúde, há muitos anos enfrenta dificuldades financeiras. Dívida hoje está na casa dos 18 milhões de reais.

 

Ao explicar a importância do HNSS na vida dos jequitinhonhenses, o presidente do CISAJE, Juscelino Roque, lembrou que além dos 40 médicos e 237 funcionários, a unidade possui 82 leitos, dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo oito leitos de UTI Neonatal e dois leitos de UTI Pediátrico. “Pela primeira vez, conseguimos que os prefeitos da região atuassem em um esforço conjunto para tentar manter a unidade funcionando. O hospital atende várias especialidades e a população de toda a região. Seu fechamento será uma tragédia na saúde.”, afirmou Roque.

De acordo com recentes levantamentos constatou-se que o Hospital possui uma dívida de 18 milhões de reais, incluindo aí salários dos médicos; os quais não recebem á dois meses. Nesse contexto, o presidente da AMAJE, Luiz Fernando Alves, argumentou que a preocupação dos chefes do executivo municipal da região não se restringe apenas ao Hospital Nossa Senhora da Saúde; visto que a Santa Casa de Diamantina, também, tem enfrentado grandes problemas de ordem econômica, com isso ambas correm sérios riscos de serem fechadas. “Localizadas em Diamantina, as duas entidades, que atendem a mais de 300 mil pessoas de nossa região; incluindo os 35 mil Itamarandibanos, têm passado por sérias dificuldades em razão da falta de recursos. Recentemente Itamarandiba assumiu o compromisso de prestar ajuda financeira para que continuem com suas atividades. Entretanto, esperamos que essa ajuda, também, venha de outros municípios, do Governo do Estado e da União.”, comentou o presidente da AMAJE, Luiz Fernando.

Durante o encontro com o secretário de Estado, Sávio Souza, os 32 prefeitos presentes  assinaram e entregaram documento solicitando ao governador do Estado, Fernando Pimentel, e a secretários do seu governo, o repasse, em caráter de urgência, de R$ 1,2 milhão para evitar o fechamento do hospital.

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

 

Mais de 700 produtores rurais de Itamarandiba serão beneficiados com o Programa Sementes Presentes. Além de distribuição de grãos, o projeto prevê a liberação de kit’s horta.

 

A Prefeitura de Itamarandiba, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e imprescindível apoio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater–MG), deu início a distribuição de 790 kg de feijão, 150 kg de sorgo e de 2.500 kg de milho para 359 famílias de produtores rurais do município.

Adquiridos pela Prefeitura e Emater-MG, por meio do Programa Sementes Presentes, junto à Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), a entrega dos grãos começou a ser realizada na segunda quinzena de novembro e os primeiros a recebê-los foram os produtores rurais das regiões de Ribeirão de Areia, Amaros, Santa Joana e Penedo. Ao todo foram entregues nessas comunidades 800 quilos de sementes para cerca de 80 famílias.

Produtores rurais das regiões de Santa Joana e Penedo foram um dos primeiros contemplados com o Programa Sementes Presentes. Dos 3.440 quilos de sementes disponíveis aos agricultores itamarandibanos 800 quilos já foram entregues.  

 

Ao ressaltar os benefícios da aquisição para o agricultor familiar; dentre elas a garantia da segurança alimentar e geração de trabalho e renda no campo, o gestor municipal de agropecuária do município de Itamarandiba, Herculano Campos Gusmão, enfatizou a consolidada parceria existente entre Prefeitura de Itamarandiba e Emater-MG, a qual, segundo ele, tem proporcionado grandes conquistas ao homem do campo.

Gusmão esclareceu, ainda, que os beneficiados foram selecionados levando-se em consideração o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e que além da distribuição de grãos, o Programa Sementes Presentes prevê a liberação do kit horta. “Estamos disponibilizando 3.440 quilos de sementes de feijão, sorgo e milho para quase 360 famílias residentes na zona rural do nosso município. Entretanto, este projeto vai viabilizar, também, o kit horta, composto por diferentes sementes de hortaliças, o qual faremos a entrega nos primeiros meses de 2018. Ao final iremos beneficiar 710 famílias em todo o território itamarandibano.”, explicou Gusmão. 

Por meio da Prefeitura e Emater/MG mais de 3 toneladas de milho, sorgo e feijão serão direcionadas à agricultura familiar. Os grãos, disponibilizados pelo Governo de Minas, garantirão alimento e reforço na renda do produtor rural.

 

Representando a Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Ribeirão de Areia e Adjacências, o presidente da instituição, Sr. Vandeil Geraldo Rodrigues, reconheceu o empenho da Secretaria Municipal de Agricultura e Emater–MG na aquisição das sementes. Ao agradecer o apoio, Rodrigues fez questão de ressaltar que tal conquista irá reforçar a produção e comercialização para os agricultores familiares; os quais, segundo ele, muitas das vezes são invisíveis aos olhos do poder público. “Nossa Associação é muita unida; contudo, só nossa luta não é suficiente para alcançar os objetivos e os interesses da coletividade. É preciso que os órgãos públicos nos dêem sustentação e hoje vejo que estamos tendo o apoio almejado. Toda e qualquer ajuda sempre será bem-vinda.”, diz.

O Programa Sementes Presentes, do Governo do Estado de Minas Gerais, visa o enfrentamento da pobreza no campo e pretende abranger, até o ano que vem, 229 municípios em cinco territórios - Alto, Médio e Baixo Jequitinhonha, Mucuri, Norte e Vale do Rio Doce.      

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

 

Foram investidos aproximadamente 150 mil reais na compra de modernos aparelhos para a unidade hospitalar. Além de mais conforto e segurança aos pacientes, os novos equipamentos garantem melhores condições de trabalho ao corpo clínico do H.M.G.F.G.

 

Ao valor de R$ 149.700,00, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio de emenda parlamentar do deputado federal Luis Tibé, junto ao Fundo Nacional da Saúde, adquiriu 01 monitor multiparâmetros, 01 cardiotocógrafo, 01 ultrassom diagnóstico e 23 poltronas hospitalares. Os novos equipamentos foram repassados ao Hospital Municipal Geraldo Ferreira Gandra (H.M.G.F.G) na primeira quinzena de novembro e tem feito grande diferença no momento de a instituição prestar os serviços médico-hospitalares, principalmente nos atendimentos de urgências e emergências.

Além da compra do monitor multiparâmetros, que mostra, simultaneamente, a frequência cardíaca com o traçado de eletrocardiograma, a saturação de oxigênio, a capnografia, a pressão arterial, a temperatura e a frequência respiratória do paciente, a aquisição dos outros aparelhos, também, foi motivo de comemoração por parte do corpo clínico do Hospital Municipal.   

Com o cardiotocógrafo, o ginecologista/obstetra, Dr. Geraldo Rodrigues, pode avaliar, com mais tranquilidade, o desempenho pulmonar ou qualquer outro distúrbio respiratório do recém-nascido. O aparelho oferta maior segurança dentro da obstetrícia.

 

O ginecologista e obstetra, Dr. Geraldo Rodrigues de Araújo, por exemplo, argumentou que a chegada dos aparelhos trouxe tranquilidade e maior segurança aos profissionais que lidam constantemente com as adversidades comuns ao dia a dia do Hospital. O médico enalteceu, principalmente, a compra do cardiotocógrafo; com o qual, segundo ele, já foi possível realizar, em Itamarandiba, alguns partos considerados delicados, visto que o equipamento permite fazer a cardiotocografia anteparto e intraparto; dando assim ao médico a oportunidade de decidir o que fazer com o bebê. “Com o cardiotocógrafo é possível ver se o feto está reativo ou não; se ele tem algum comprometimento cerebral ou não. E isso nos dá 48 horas de tranquilidade, tempo para tentar induzir um parto ou avaliar se pode esperar mais alguma coisa. Graças a chegada desse aparelho houve casos de bebês que já saíram bem daqui, sem precisar que os transferíssemos para Diamantina.”, explicou Dr. Geraldo.  

Ao enfatizar que a Prefeitura de Itamarandiba tem trabalhado exaustivamente para garantir serviços de qualidade à população, o secretário municipal de Saúde, Cledimar Ferreira Alves, que juntamente com a direção do H.M.G.F.G se empenhou na compra dos novos equipamentos, ressaltou a importância da aquisição de aparelhos modernos para a unidade hospitalar e fez questão de agradecer o deputado Luis Tibé pela cooperação na ação. “Investimos na compra de equipamentos que além de mais conforto e segurança aos pacientes, garantem melhores condições de trabalho ao corpo clínico do Hospital Municipal. É nesse intuito de buscar sempre o melhor que registro aqui nossa gratidão ao deputado Luis Tibé pela parceria e comprometimento com as causas da saúde de Itamarandiba.”, diz Alves.

O médico, Dr. Elimarcius Lacerda Costa, diretora administrativa do H.M.G.F.G, Alcione Guimarães Moraes e o secretário municipal de Saúde, Cledimar Ferreira Alves, demonstraram grande contentamento com a aquisição de novos aparelhos para o Hospital Municipal.

 

Ernane Frois

ASCOM: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

 

Em apreciação à luta pelos direitos e igualdade racial, bem como levando em consideração o Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, feriado em vários municípios brasileiros, inclusive em Itamarandiba, o Executivo Municipal, por intermédio do prefeito Luiz Fernando Alves, enviou recentemente à Câmara Municipal de Itamarandiba o Projeto de Lei Nº 042/2017 que dispõe acerca da criação do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial do Município de Itamarandiba (COMPIR). Após discussão em Plenário, os vereadores aprovaram o Projeto que seguiu para ser sancionado pelo prefeito Luiz Fernando.

Com a criação, a prefeitura itamarandibana poderá ser beneficiada nos processos de captação de recursos para executar políticas de igualdade racial junto aos Governos Estadual e Federal; priorizando programas e serviços sociais básicos de educação, saúde, recreação, esporte, lazer, cultura e outros.

Segundo o advogado, procurador do município, Dr. Pedro Afonso, a implantação do COMPIR somam-se algumas ações e atividades que a Prefeitura de Itamarandiba poderá realizar e programar visando a execução de políticas de promoção da igualdade racial, dentre as quais se destacam: reafirmar e ampliar o compromisso  governamental e da sociedade com políticas de enfrentamento ao racismo e de promoção da igualdade como fatores essenciais à democracia plena e ao desenvolvimento com justiça social e a criação da Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial.

Destacou, ainda, que a instituição do Conselho é estratégica para o município, posto que o Estatuto da Igualdade Racial, Lei Federal Nº 12.288/2010, disciplina que o Poder Executivo priorizará o repasse dos recursos referentes aos programas e atividades nele previstos aos Estados, Distrito Federal e Municípios que tenham criado conselhos de promoção da igualdade racial.

 “O COMPIR será vinculado diretamente a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social e, tão breve, serão nomeados os conselheiros. Entretanto, o envolvimento da sociedade civil é extremamente importante para garantir o cumprimento de metas e o controle social. Certo é que tal Conselho será ferramenta de grande relevância na busca de uma sociedade mais justa e igualitária.”, finaliza.

A Lei foi sancionada sob nº 2798/2017 e tornou-se válida em âmbito municipal no dia 30 de outubro de 2017.

Ernane Frois

ASCOM: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Durante encontro, o prefeito anunciou que 42 famílias da região de Mandingueiro, cerca de 150 pessoas, serão beneficiadas com o Plano Municipal de Abastecimento de Água.

 

Ontem, 13 de novembro, membros do Comitê de Assuntos Estratégicos da Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Mandingueiro e Adjacências (APRUMAN) estiveram no gabinete da Prefeitura Municipal para reunião com o prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves.

O encontro serviu para que representantes da Associação levassem ao poder executivo as demandas da região de Mandingueiro, em especial reivindicar a implantação de um sistema de abastecimento de água na comunidade; a qual, segundo a presidente da APRUMAN, Sra. Marivone Nerci Chaves, tem sofrido com este problema há mais de duas décadas. “Nós precisamos e muito que o poder municipal olhe com carinho para nossa região; principalmente quanto a situação do abastecimento de água que há mais ou menos 20 anos é o que mais incomoda a população. Sabemos que existe esforço por parte da Atual Administração e temos a esperança de que alguns entraves serão sanados.”, argumentou ela.

Atento aos pedidos, o prefeito Luiz Fernando se mostrou solícito às reivindicações e se comprometeu a solucionar o problema, inclusive, já colocando Mandingueiro no Plano Municipal de Abastecimento; projeto este que tem por objetivo ofertar a população, em especial da zona rural, mecanismos que amenizam os transtornos causados com a falta de água. “Pedimos e foi feito um levantamento junto aos moradores da região de Mandingueiro. São 42 famílias, 152 pessoas para ser mais exato, que sofrem com a escassez de água nas imediações dessa comunidade. E para levarmos água a cada um deles vamos fazer aproximadamente 4 quilômetros de rede de distribuição. Trabalho este que pedimos a cooperação da Associação e de seus membros.”, diz Alves.   

O prefeito lembrou, ainda, que para implantar o Plano Municipal de Abastecimento a Prefeitura já adquiriu, com recurso próprio, 13.200 unidades de canos, de diferentes espessuras, e 20 caixas d’águas, de 5 e 10 mil litros.

Além do prefeito Luiz Fernando e representantes da APRUMAN, participaram, também, da reunião o gestor municipal de agropecuária, Herculano Campos Gusmão, a presidente da Câmara Municipal de Itamarandiba, Lourdes Gomes Vieira e os vereadores Márcio Morais, Vicentinho Mecânico, Claudinei Fernandes e Heli Nunes,

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Com o material, comprado 100% com dinheiro do município, o prefeito Luiz Fernando almeja levar água encanada à aproximadamente 500 famílias itamarandibanas.

 

A Prefeitura de Itamarandiba investiu cerca de R$ 150.000,00, do cofre público municipal, na compra de 13.200 unidades de canos (25, 32 e 50 mm) e de 20 caixas d’águas de 5 e 10 mil litros que servirão para levar água às comunidades e distritos do município.

A aquisição faz parte de audacioso Plano Municipal de Abastecimento que visa ofertar a população, em especial da zona rural, mecanismos que amenizam os transtornos causados com a falta de água em vários pontos do extenso território itamarandibano.

Ao todo foram adquiridos 13.200 unidades de canos, de diferentes espessuras, e 20 reservatórios, de 5 e 10 mil litros, que servirão para levar água às comunidades e distritos do município.

 

Grande parte do material já chegou à Prefeitura e foi conferido de perto pelo prefeito Luiz Fernando Alves, vice-prefeito, Lete Monteiro, e alguns vereadores da base aliada. De acordo com o chefe do executivo municipal, os canos e as caixas d’águas serão utilizados de maneira a respeitar um cronograma de trabalho a ser elaborado pela Secretaria Municipal de Obras, Aviação e Serviços Urbanos. “A água é nosso bem maior e da qual necessitamos para sobreviver. Pensando nisso, elaboramos e, em breve, colocaremos em prática o Plano Municipal de Abastecimento. Com economia e responsabilidade fiscal conseguimos comprar, com dinheiro do próprio município, caixas d’águas e grande quantidade de canos que fará a extensão do sistema de distribuição de água para pessoas e animais.”, explicou Alves.

Prefeito e vice-prefeito, Luiz Fernando e Lete Monteiro, respectivamente, fizeram questão de verificar a entrega e qualidade do material comprado com recurso próprio.  

Com a implantação do Plano Municipal de Abastecimento a Prefeitura de Itamarandiba almeja atender aproximadamente 500 famílias em todo o município. Para tanto, foram investidos R$ 147.442,00 (cento e quarenta e sete mil e quatrocentos e quarenta e dois reais) na aquisição de 10 caixas d’águas de 5 mil litros e 10 caixas d’águas de 10 mil litros e ainda, 5.000 unidades de canos 25 mm, 5.000 unidades de canos 32 mm e 3.200 unidades de canos 50 mm. Com o material será possível fazer aproximadamente 80 quilômetros de rede de distribuição.   

 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Para reformar os quase 05 quilômetros da rodovia, Prefeitura e Aperam viabilizaram mão de obra especializada e 13 maquinários. O findar dos trabalhos trará mais segurança à população itamarandibana que se vê prejudicada com o intenso tráfego de caminhões e carretas no perímetro urbano.

 

A Prefeitura de Itamarandiba, através da Secretaria Municipal de Obras, Viação e Serviços Urbanos, em parceria com a Aperam BioEnergia, deu início, no dia 08 de novembro, a ação de conservação e reestruturação dos 4,9 kms do Anel Rodoviário que liga a MG 214 (sentido Capelinha) a MG 451 (sentido Carbonita).

Para executar a obra que consiste basicamente no patrolamento, cascalhamento, compactação e construção de bacias de contenção de enxurradas, Prefeitura e Aperam BioEnergia disponibilizaram mão de obra e maquinários. A empresa, por exemplo, viabilizou 04 caminhões caçambas, 01 motoniveladora, 01 pá carregadeira e 01 caminhão pipa. Por sua vez, a Prefeitura de Itamarandiba dispôs 02 caminhões caçambas, 01 patrol, 01 pá carregadeira, 01 caminhão pipa e 01 rolo compressor.

Obra no Anel Rodoviário está sendo executada graças a parceria firmada entre Prefeitura de Itamarandiba e Aperam BioEnergia. Esse trabalho em conjunto tem possibilitado a realização de intervenções ao longo de toda a estrada

 

A proposta de trabalho em conjunto surgiu a partir da necessidade de retirar o tráfego de caminhões ‘pesados’ e carretas do perímetro urbano, o que vinha causando grandes transtornos à população de Itamarandiba. “Este não é um simples trabalho de patrolamento; é uma ação complexa que abrange toda a extensão do Anel Rodoviário. E a colaboração da Aperam nesse serviço é de extrema relevância para que possamos realizá-lo em tempo hábil; pois sabemos que a má conservação de tal estrada faz com que caminhões e carretas trafeguem dentro da cidade; trazendo assim insegurança aos transeuntes e causando danos a alguns imóveis, rede elétrica e pavimentação das vias urbanas.”, salientou o gestor municipal de transportes, Dirceu Timóteo Pires.

Vale lembrar que o tráfego de caminhões e/ou qualquer veículo motorizado utilizado em transporte de carga, cujo peso bruto exceda 14 toneladas, passou a ser proibido através do decreto de Nº 2893/2011. No documento, fica determinado que tais automóveis não podem trafegar pelas principais vias do perímetro urbano de Itamarandiba. 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Além de lideranças políticas de Itamarandiba, encontro, realizado em Belo Horizonte, contou com a participação de centenas de prefeitos e vereadores, vice-prefeitos, deputados federais e estaduais. Os três senadores mineiros não compareceram.

 

Na última segunda-feira, 06 de novembro, mais de 300 prefeitos mineiros estiveram em Belo Horizonte onde participaram de encontro com a bancada mineira do Congresso Nacional para discutirem a situação financeira dos municípios do Estado de Minas Gerais. Participaram do encontro 301 prefeitos, 211 vereadores, 17 vice-prefeitos, 13 deputados federais e seis deputados estaduais. Os três senadores mineiros não compareceram.

Itamarandiba se fez presente com uma comitiva, liderada pelo prefeito Luiz Fernando Alves, composta pelos vereadores Lourdes Gomes, Claudinei Fernandes, Heli Nunes, Delei do Contrato, Juvenal Pedreiro, Vicentinho Mecânico, Valdir Bispo, Márcio Morais, Eduardo Moreira, Douglas Gandra e Mauro Gaspar.

Realizado pela Associação Mineira de Municípios (AMM), o principal objetivo da reunião é a cobrança, junto aos parlamentares, para que o presidente da república, Michel Temer, edite uma Medida Provisória destinando emergencialmente um Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM) na ordem de 4 bilhões de reais. De acordo com o prefeito Luiz Fernando, isso constituiria um aumento de receita de aproximadamente 1 milhão de reais para Itamarandiba. “Esses valores, se realmente forem conseguidos, vão ajudar no pagamento do 13º salário e quitação de fornecedores. Em 2016 Itamarandiba recebeu mais de 2 milhões de reais da Repatriação de Recursos e esse ano recebemos apenas 54 mil reais. Isso significa que em 2016 o município recebeu mais recursos próprios do que em 2017.”, desabafou Alves.

Mais de 70% dos 853 municípios mineiros não vão conseguir arcar com o 13º salário dos funcionários. A solução seria o pagamento, por parte do Governo Federal, de um Auxílio Financeiro aos Municípios no valor de 4 bilhões de reais.

 

Ainda foram discutidos assuntos relacionados aos débitos dos governos Estadual e Federal com os municípios. Segundo a AMM, o Governo do Estado deve aos municípios parcelas do ICMS, do Transporte Escolar e de convênios da saúde; tais repasses somam quase 2 bilhões de reais de dívidas junto às municipalidades mineiras. Já o Governo Federal não atualiza os programas federais há anos, gerando prejuízos principalmente nos segmentos da Saúde, Educação e Assistência Social, uma vez que as Prefeituras não conseguem suprir a demanda com os poucos recursos recebidos.

Outra preocupação levantada pelos prefeitos presentes ao evento é quanto ao pagamento do 13º salário do funcionalismo público municipal. Muitos garantem estar à beira de um colapso financeiro e não sabem como vão pagar o salário extra. “Levantamentos recentes apontam que mais de 70% dos municípios mineiros tem dificuldades para o pagamento de salários e fornecedores. Em alguns municípios temos atrasos de dois a três meses de salários, e o índice de gastos com pessoal supera a 60%.”, relatou um dos prefeitos participantes.

Ainda dentro das reivindicações de socorro às cidades mineiras, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) promoverá no dia 22 de novembro, em Brasília, uma mobilização nacional de prefeitos, o qual visa pressionar o Governo de Michel Temer a atender o pleito municipalista.

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba  

Endereço

Rede Social