Ato em defesa da água e meio ambiente mobiliza Itamarandiba e região

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O movimento “Todos pela água! Uma campanha em prol da vida.” levou inúmeras pessoas às Ruas de Itamarandiba. 

 

Centenas de pessoas convocadas pela Prefeitura de Itamarandiba, Câmara Municipal, ACIAI/CDL, IEF, Parque Estadual da Serra Negra e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Itamarandiba marcharam na tarde de ontem, quarta-feira (20), em defesa do meio ambiente e dos recursos hídricos do município de Itamarandiba. O ato, denominado “Todos pela água! Uma campanha em prol da vida.”, teve por objetivo chamar a atenção das empresas, órgãos públicos e sociedade para mobilizarem esforços a fim de enfrentar o problema da seca que tem se agravado nos últimos anos em Itamarandiba e região.

Os moradores da sede municipal, localidades da zona rural e de municípios vizinhos, participaram de maneira ordeira da passeata, carreata e motocada que partiu da Praça Tancredo Neves, bairro são Geraldo, até a Praça dos Agricultores, região central da cidade. Munidos de cartazes e apitos, os manifestantes chamaram a atenção para a grave crise hídrica que tem assolado Itamarandiba e municípios vizinhos abastecidos pelos Rios que nascem ou cortam o território itamarandibano.

O prefeito Luiz Fernando participou da passeata em defesa do meio ambiente e recursos hídricos. Durante o trajeto ele pediu para que toda a população se engaje na causa. 

 

O prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves, um dos articuladores do movimento, argumentou que a situação da falta d’água é complexa e de grandes proporções que exige ações urgentes. Nesse sentido, o prefeito convocou a população para ser parceira da aliança que tem sido costurada com intuito de conscientizar cidadãos e empresas quanto a necessidade de se preservar o meio ambiente e as águas. Tal aliança conta com a união de órgãos públicos, entidades filantrópicas, associações e sociedade civil de Itamarandiba e de municípios circunvizinhos. “Todos, sem exceção, devem entender que a crise de estiagem é resultado da combinação de vários fatores: a má gestão das águas, devastação das áreas com nascentes e a escassez de chuva são alguns exemplos. Portanto, desde o menor produtor à maior empresa reflorestadora é preciso que se adeque ao manejo de produção para atender as demandas ambientais. Dito isso agradeço toda a população pela presença neste ato de defesa à vida, e reafirmo: enquanto for prefeito lutarei para defender os nossos recursos hídricos!”.

Autoridades do excutivo e legislativo municipal participaram do ato que visou conscientizar cidadãos e empresas quanto a necessidade de se preservar o meio ambiente e as águas.

 

Além da participação maciça da população itamarandibana, prefeito, vice-prefeito, secretários municipais, vereadores e de moradores de localidades da zona rural; a grande mobilização contou com a presença de vereadores de Capelinha e de 20 pessoas do distrito de Mendonça, município de Veredinha. Um dos integrantes da caravana mendoncense, o professor Deivid Fernandes Neto considerou ter sido extremamente importante a mobilização “Todos pela água! Uma campanha em prol da vida.”, visto que, segundo ele, a crise hídrica afetou de maneira drástica toda população que hoje depende do Rio Itamarandiba. Nesse contexto, o professor fez questão de alertar os moradores de Itamarandiba, Capelinha, Veredinha, Turmalina e demais comunidades menores que estão ao longo do leito do Rio. “Viemos nesse ato para ajudar, apresentar nossos anseios e mostrar nossa preocupação com a crise hídrica que se estendeu a vários municípios que tem o Rio Itamarandiba como principal fonte de abastecimento. Essa frustração de falta d’água, nós de Mendonça vivemos dia a dia! Somos testemunhas de que o Rio Itamarandiba está agonizando e a cada dia está menor.”, diz.

Morador do município de Veredinha, o professor Deivid Fernandes, demonstrou sua preocupação com a situação do Rio Itamarandiba, responsável por abastecer várias comunidades do vale do Jequitinhonha.

 

Vale destacar que a manifestação ocorrida em Itamarandiba tem objetivo de alertar a sociedade de que a crise hídrica não possui solução imediata e que ações de enfrentamento da crise, como preservação de mananciais e combate ao desperdício de água, devem ser a longo prazo e realizados continuamente, de janeiro a janeiro.

 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba