CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO PARA EXERCÍCIO DE FUNÇÃO PÚBLICA JUNTO A ADMINISTRAÇÃO DIRETA DO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL

Vagas para: médico (clínico geral) e bioquímico

 

Inscrições: De 19 e 25 de junho de 2019, das 08:00 às 12:00 horas e das 14:00 às 17:00 horas (dias úteis), no departamento de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal de Itamarandiba, situado à Rua Tabelião Andrade, nº 205, centro.

 

Para visualizar e ou baixar o Edital clique AQUI 

Publicado em Editais

A equipe de agentes de combate à endemias do município de Itamarandiba promove trabalho de grande importância para a comunidade. Entretanto, o êxito do serviço depende e muito da colaboração da população.

 

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância em Saúde Ambiental (VSA), divulgou na tarde de sexta-feira, 24, relatório que aponta número crescente nos casos prováveis de Dengue e Chikungunya no município de Itamarandiba.

Em comparativo a todo o ano de 2018, até a data de 24 de maio de 2019, houve aumento de 08 para 54 casos prováveis das doenças. O confrontamento das informações mostra um assustador acréscimo de 675% das ocorrências; estas têm atingindo todos os bairros da área urbana e algumas localidades da área rural.

Diante desse cenário, a VSA tem intensificado as ações que visam reforçar o combate à proliferação e eliminação dos focos do Aedes aegypti. Para tanto, toda a equipe do Programa Nacional de Combate à Dengue (PNCD) passou recentemente por treinamento e capacitação com profissional qualificado do Ministério da Saúde.

 

                    

Dentre as ações desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Saúde e departamentos de Vigilância em Saúde estão a divulgação de cartilhas educativas que orientam acerca dos cuidados e sintomas das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti.

 

O secretário municipal de saúde, Antônio Afonso Andrade, assegura que a equipe de agentes de combate às endemias tem executado suas funções rotineiramente na tentativa de amenizar o problema. Contudo, ele alerta para a necessidade e relevância da colaboração dos moradores nas ações que permitem potencializar os resultados. Segundo ele, sem a participação da população é impossível que se vença a luta contra o Aedes aegypti. “Nosso desafio é grande e a mobilização de toda a sociedade é imprescindível para que tenhamos êxito na luta contra o mosquito causador da Dengue e Chikungunya. Sendo assim, faço um apelo aos moradores de Itamarandiba! Por favor, mantenham seus quintais e lotes limpos, não façam das vias públicas depósitos de lixo e ferro velhos, evitando assim o acúmulo de água parada e aparecimento de novos criadores do mosquito; e principalmente permitam que os agentes de combate às endemias façam o tratamento focal nos imóveis.”, argumentou o secretário.

A coordenadora da VSA, Juciele Rodrigues, explicou que o agravamento da situação é preocupante e lamentou a ação do Ministério da Saúde em fazer o desabastecimento no estoque nacional do inseticida Malathion EW 44%. “Esse produto é fornecido exclusivamente pelo Governo Federal. Mas, devido ao surto de Dengue em todo o estado de Minas Gerais foi informado que não será disponibilizado. Sendo assim, os cuidados e o combate à proliferação do Aedes aegypti devem ser redobrados.”, diz.

A coordenadora ressaltou, ainda, ser extremamente importante que se busque orientação junto às Unidades de Saúde tão logo haja a percepção aos primeiros sintomas das doenças. “O tratamento da Dengue e Chikungunya vai de encontro às ações desenvolvidas para se combater este mau. É através das notificações da ocorrência que conseguimos mapear as áreas endêmicas no nosso município. Além disso, somente o profissional da saúde poderá indicar o melhor tratamento. Todo o procedimento é gratuito, basta que se procure a UBS mais próxima. Lembrem-se: Dengue é um o problema de todos e a solução também!”, alertou Rodrigues.

 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Publicado em Saúde

Profissionais da saúde e familiares de portadores de deficiência mental participaram, na tarde de hoje, 17 de maio, de uma passeata alusiva ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial, celebrado no Brasil no dia 18 de maio. A mobilização visou fomentar um elo entre pacientes e população, bem como despertar na comunidade a importância de se quebrar o preconceito existente em desfavor das pessoas portadoras de distúrbios mentais. Para tanto, além da passeata, os organizadores promoveram, também, uma blitz com a distribuição de kits educativos.

A manifestação, coordenada pela equipe do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Itamarandiba, com apoio da Prefeitura, Secretaria Municipal de Saúde, Polícia Militar e Associação de Usuários, Familiares e Amigos do CAPS, teve como ponto de partida a Praça Tancredo Neves, bairro São Geraldo, com destino final a Praça dos Agricultores, região central da cidade.

 

Durante todo o percurso, os participantes empunharam faixas, distribuíram panfletos e bradaram pela causa dos portadores de deficiência mental, sobretudo as formas de tratamento ofertadas pelo serviço público de saúde. De acordo com o assistente social do CAPS/Itamarandiba, José Carlos de Paula Araujo, o manifesto é realizado em todo o país e busca garantir atendimento humanizado e digno para as pessoas com transtornos mentais. “Essa luta é na busca pela inclusão e convívio na sociedade. É preciso que todos tenham a plena convicção de que trancar não é tratar, que a liberdade é o melhor cuidado! Evocamos a sociedade para essa luta.”, comentou Araujo.

Para mais informações e/ou apoio procure o CAPS/Itamarandiba, situado à Rua Dona Memeca, 154, centro. Telefone: (38)3521-3256.

 Ernane Frois

ASCOM:Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Publicado em Saúde

Ministradas por estudantes de medicina, as palestras visam alertar e apresentar a população itamarandibana as medidas preventivas da DDA.

 

Recentemente os moradores de Itamarandiba foram surpreendidos por um surto de diarréia que acometeu principalmente pessoas residentes nos bairros Fazendinha, 1º de Maio e São Geraldo. No intuito de orientar a população quanto aos males e os cuidados a serem tomados, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, tem promovido ações de educação em saúde que alertam para os cuidados preventivos da Doença Diarréica Aguda (DDA).

 

Objetivando neutralizar e/ou amenizar uma possível proliferação do surto em Itamarandiba, a Secretaria Municipal de Saúde iniciou ontem, 06 de maio, uma série de palestras que têm como público alvo alunos das Escolas Públicas do município. O projeto, supervisionado pelo setor da Atenção Primária da Saúde, tem como palestrantes os acadêmicos do 11º período de medicina da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Isadora Ramires Bahia e Matheus Brum Rodrigues da Costa. Os dois são estagiários do programa de “Internato de Medicina de Família e Comunidade”; do qual a Prefeitura itamarandibana é parceira.

 

As palestras acontecem no período matutino e vespertino e já foram ministradas na E.E. Cel. Jonas Câmara, E.E. Mestre João Silvério, E.E. Prof. Teodorinho Fernandes, E. M. Criança Feliz, E. M. Gente Pequena, E. M. Paraíso Infantil e nas Creches Municipais Cantinho Feliz, Paraíso Infantil e Tatão Araújo.  Sendo; o CESEC Itamarandiba e as Escolas Estaduais São João Batista e Mestra Bezinha Gandra os próximos a receberem as palestras.

 

O secretário municipal de Saúde, Antônio Andrade e a coordenadora da Atenção Primária, Luciana Piovezan, ladeados pelos palestrantes, acadêmicos de medicina da UFVJM, Isadora Ramires e Matheus Brum.

 

Durante os encontros, Isadora Ramires e Matheus Brum argumentam ser extremamente necessário que as pessoas se atentem às medidas preventivas da DDA. Eles aproveitam o momento para darem algumas dicas. “São sugestões bem simples, mas que trazem grandes resultados. Sugerimos, por exemplo, que as pessoas se preocupem com a higiene pessoal, da casa e do ambiente de trabalho, que tomem água fervida e/ou filtrada, que evitem lixeiras nas cozinhas e que cubram bem os alimentos.”, comentou a discente Isadora.

Além das dicas mencionadas pelos palestrantes; é importante frisar que caso alguém esteja com diarreia ela deve evitar locais com grandes aglomerações de pessoas (escolas, empresas, igrejas, clubes etc.). Além disso, devem se atentar para:

  • Ingerir mais líquido que o normal; evitando assim a desidratação;
  • Manter a alimentação, evitando assim a desnutrição;
  • Lavar as mãos com sabão frequentemente, principalmente antes das refeições, após ir ao banheiro, antes de cozinhar e depois de assuar o nariz;
  • Consumir apenas água potável e lavar bem as frutas e vegetais;
  • Evitar compartilhar toalhas, copos e talheres;
  • Redobrar os cuidados com a higiene, principalmente se houver alguém doente em casa.

 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Publicado em Saúde

Atenção!

SÁBADO (04 DE MAIO) É O DIA “D” DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE

 

Local: Todas as Unidades de Saúde do Município

Horário: Das 08 às 16 horas

 

A Prefeitura de Itamarandiba, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, informa a toda população que dia 04 de maio, próximo sábado, será realizada em todo o município itamarandibano o Dia D de vacinação contra a Gripe (Influenza). 

 

Nesta data todas as Unidades de Saúde de Itamarandiba, tanto da sede quanto do interior do município, estarão abertas das 08:00 às 16:00 horas para realizar a imunização no maior número de pessoas possível.  

 

Prefeitura de Itamarandiba e Secretaria Municipal de Saúde protegendo nossa gente!

Publicado em Saúde

Autoridades municipais se mostraram preocupadas com o surto de diarreia que atingiu pessoas de diferentes idades. A maioria dos casos foi registrada nos bairros Fazendinha, São Geraldo e Primeiro de Maio.

 

Nas últimas semanas, Itamarandiba registrou grande aumento nos casos de diarreia no município. Somente entre os dias 14 e 20 de abril, as Unidades de Saúde da cidade atenderam mais de 120 pacientes queixando do mal.

O assunto, inclusive, foi pauta central durante a Reunião do Comitê de Enfrentamento das Arboviroses; realizada na tarde de hoje (26/04) na sede da Vigilância Sanitária. O encontro, que abordou, também, as ações que estão em curso para evitar a proliferação do Aedes Aegypti no município itamarandibano, contou com a presença dos secretários municipais de Saúde e Obras, Antônio Andrade e Eurípedes Mendes, respectivamente, coordenadora da Vigilância em Saúde, Danielle Lima, coordenadora da Vigilância Ambiental, Juciele Rodrigues, enfermeiros, agentes de  combate a endemias, presidentes de Associações Comunitárias e representantes dos 02 hospitais existentes no município.      

De acordo com levantamento feito pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o surto de diarreia atingiu, na sua maioria, pessoas com idade compreendida entre 01 e 04 anos, e de 09 a 19 anos; sendo: Fazendinha, São Geraldo e Primeiro de Maio os bairros com os maiores números de casos.

Entre alguns prováveis causadores de diarreia está a água consumida pela população. Nesse sentido, de imediato a SMS, por meio da Vigilância em Saúde e Atenção Primária a Saúde, autorizou a realização da análise da água coletada em alguns pontos da cidade, inclusive na própria Estação de Tratamento que abastece Itamarandiba. Feita a apreciação, por laboratório especializado, os resultados foram satisfatórios; descartando assim a hipótese de que a epidemia estivesse relacionada ao consumo da água disponibilizada no município.

Apesar disso, como medida emergencial a SMS está disponibilizando frascos de solução de hipoclorito de sódio. O produto, que serve para desinfetar a água para consumo humano e para higienização de legumes e hortaliças, pode ser retirado no setor da Vigilância em Saúde, situado à Rua Coronel Gentil Fernandes, 108, no centro.

Coordenadora da Vigilância em Saúde, Danielle Lima, e secretário municipal de Saúde, Antônio Andrade, afirmaram que em apenas 01 semana mais de 120 pessoas procuraram as Unidades de Saúde. A causa? Crises de diarreia.

 

O secretário municipal de Saúde, Antônio Andrade, explicou que com a comprovação de o problema não estar relacionado à água, uma nova linha de verificação foi aberta levando-se em conta pontos em comum entre os pacientes; como consumo de alimentos, locais frequentados, endereço e condições higiênico-sanitárias. “Esse aumento repentino de diarreia tem nos preocupado! De imediato fomos a campo para tentar descobrir o que originou esse surto. Foi feita análise da água e nada de anormal foi constatado. Agora estamos coletando amostras de fezes que serão enviadas para o Laboratório referência do Estado para análise de vírus e bactérias. A conclusão desse procedimento vai nos permitir investigar uma possível virose.”, diz.

Ante a possível propagação do surto, a Secretaria Municipal de Saúde, além de tomar algumas medidas emergenciais, tem alertado a população quanto a necessidade e importância de se precaver. Sendo assim, pede-se aos itamarandibanos para:

  • Ingerir mais líquido que o normal; evitando assim a desidratação;
  • Manter a alimentação, evitando assim a desnutrição;
  • Lavar as mãos com sabão frequentemente, principalmente antes das refeições, após ir ao banheiro, antes de cozinhar e depois de assuar o nariz;
  • Consumir apenas água potável e lavar bem as frutas e vegetais;
  • Evitar compartilhar toalhas, copos e talheres;
  • Redobrar os cuidados com a higiene, principalmente se houver alguém doente em casa.

 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

 

Publicado em Saúde

A Prefeitura Municipal de Itamarandiba torna público o Decreto de Nº 4352, de 17 de abril 2019, que dispõe sobre A Prorrogação do prazo para impugnação do resultado final e a classificação preliminar do Chamamento Público – Diversas Funções -.

Para visualizar e/ou baixar o documento clique AQUI

Publicado em Editais

A Prefeitura Municipal de Itamarandiba informa que o resultado do Chamamento Público para contratação, por tempo determinado de agentes, para atuarem em áreas ligadas às Secretarias Municipais de Saúde e Desenvolvimento e Assistência Social  já se encontra disponível para visualização.

Foram ofertadas vagas para: médico, fisioterapeuta, psicólogo, pedagogo, odontólogo, enfermeiro, auxiliar de consultório odontológico, fiscal sanitário.

Confira a lista preliminar clicando AQUI

Publicado em Editais

Dra. Sabrina Borges ladeada pela coordenadora da UBS Sebastião Rodrigues Pinto, enfermeira Dalila Neves, e pela coordenadora da atenção primária da saúde, Luciana Piovezan.

 

A população do distrito de Contrato recebeu com muita alegria, no último dia 19 de março, a Dra. Sabrina Borges Nunes Barros; nova médica que atenderá na Unidade Básica de Saúde (UBS) Sebastião Rodrigues Pinto.

Contratada pela Prefeitura de Itamarandiba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, ela foi recepcionada por moradores locais e pelas coordenadoras da atenção primária da saúde do município e da UBS do distrito, Luciana Piovezan e Dalila Neves, respectivamente.

Natural de Belo Horizonte, Dra. Sabrina Borges chega ao distrito de Contrato para substituir a clínica geral, Dra. Joane de Souza Quaresma. Assim como sua antecessora, a nova médica vai atender a população contratense e os demais moradores das comunidades circunvizinhas ao distrito.

 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba     

Publicado em Saúde

A Prefeitura Municipal de Itamarandiba informa que o resultado do Chamamento Público de 001/2019 já se encontra disponível para visualização.

Foram ofertadas vagas para: fisioterapeuta, psicólogo, farmacêutico, enfermeiro, médico (clínico geral), odontólogo, técnico em enfermagem, auxiliar de consultório odontológico.

 

Confira a lista classificatória clicando AQUI

 

Publicado em Editais
Página 1 de 5

Endereço

Canal de vídeos

Rede Social