DESTAQUE

DESTAQUE (9)

Foram investidos aproximadamente 150 mil reais na compra de modernos aparelhos para a unidade hospitalar. Além de mais conforto e segurança aos pacientes, os novos equipamentos garantem melhores condições de trabalho ao corpo clínico do H.M.G.F.G.

 

Ao valor de R$ 149.700,00, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio de emenda parlamentar do deputado federal Luis Tibé, junto ao Fundo Nacional da Saúde, adquiriu 01 monitor multiparâmetros, 01 cardiotocógrafo, 01 ultrassom diagnóstico e 23 poltronas hospitalares. Os novos equipamentos foram repassados ao Hospital Municipal Geraldo Ferreira Gandra (H.M.G.F.G) na primeira quinzena de novembro e tem feito grande diferença no momento de a instituição prestar os serviços médico-hospitalares, principalmente nos atendimentos de urgências e emergências.

Além da compra do monitor multiparâmetros, que mostra, simultaneamente, a frequência cardíaca com o traçado de eletrocardiograma, a saturação de oxigênio, a capnografia, a pressão arterial, a temperatura e a frequência respiratória do paciente, a aquisição dos outros aparelhos, também, foi motivo de comemoração por parte do corpo clínico do Hospital Municipal.   

Com o cardiotocógrafo, o ginecologista/obstetra, Dr. Geraldo Rodrigues, pode avaliar, com mais tranquilidade, o desempenho pulmonar ou qualquer outro distúrbio respiratório do recém-nascido. O aparelho oferta maior segurança dentro da obstetrícia.

 

O ginecologista e obstetra, Dr. Geraldo Rodrigues de Araújo, por exemplo, argumentou que a chegada dos aparelhos trouxe tranquilidade e maior segurança aos profissionais que lidam constantemente com as adversidades comuns ao dia a dia do Hospital. O médico enalteceu, principalmente, a compra do cardiotocógrafo; com o qual, segundo ele, já foi possível realizar, em Itamarandiba, alguns partos considerados delicados, visto que o equipamento permite fazer a cardiotocografia anteparto e intraparto; dando assim ao médico a oportunidade de decidir o que fazer com o bebê. “Com o cardiotocógrafo é possível ver se o feto está reativo ou não; se ele tem algum comprometimento cerebral ou não. E isso nos dá 48 horas de tranquilidade, tempo para tentar induzir um parto ou avaliar se pode esperar mais alguma coisa. Graças a chegada desse aparelho houve casos de bebês que já saíram bem daqui, sem precisar que os transferíssemos para Diamantina.”, explicou Dr. Geraldo.  

Ao enfatizar que a Prefeitura de Itamarandiba tem trabalhado exaustivamente para garantir serviços de qualidade à população, o secretário municipal de Saúde, Cledimar Ferreira Alves, que juntamente com a direção do H.M.G.F.G se empenhou na compra dos novos equipamentos, ressaltou a importância da aquisição de aparelhos modernos para a unidade hospitalar e fez questão de agradecer o deputado Luis Tibé pela cooperação na ação. “Investimos na compra de equipamentos que além de mais conforto e segurança aos pacientes, garantem melhores condições de trabalho ao corpo clínico do Hospital Municipal. É nesse intuito de buscar sempre o melhor que registro aqui nossa gratidão ao deputado Luis Tibé pela parceria e comprometimento com as causas da saúde de Itamarandiba.”, diz Alves.

O médico, Dr. Elimarcius Lacerda Costa, diretora administrativa do H.M.G.F.G, Alcione Guimarães Moraes e o secretário municipal de Saúde, Cledimar Ferreira Alves, demonstraram grande contentamento com a aquisição de novos aparelhos para o Hospital Municipal.

 

Ernane Frois

ASCOM: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

 

Em apreciação à luta pelos direitos e igualdade racial, bem como levando em consideração o Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, feriado em vários municípios brasileiros, inclusive em Itamarandiba, o Executivo Municipal, por intermédio do prefeito Luiz Fernando Alves, enviou recentemente à Câmara Municipal de Itamarandiba o Projeto de Lei Nº 042/2017 que dispõe acerca da criação do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial do Município de Itamarandiba (COMPIR). Após discussão em Plenário, os vereadores aprovaram o Projeto que seguiu para ser sancionado pelo prefeito Luiz Fernando.

Com a criação, a prefeitura itamarandibana poderá ser beneficiada nos processos de captação de recursos para executar políticas de igualdade racial junto aos Governos Estadual e Federal; priorizando programas e serviços sociais básicos de educação, saúde, recreação, esporte, lazer, cultura e outros.

Segundo o advogado, procurador do município, Dr. Pedro Afonso, a implantação do COMPIR somam-se algumas ações e atividades que a Prefeitura de Itamarandiba poderá realizar e programar visando a execução de políticas de promoção da igualdade racial, dentre as quais se destacam: reafirmar e ampliar o compromisso  governamental e da sociedade com políticas de enfrentamento ao racismo e de promoção da igualdade como fatores essenciais à democracia plena e ao desenvolvimento com justiça social e a criação da Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial.

Destacou, ainda, que a instituição do Conselho é estratégica para o município, posto que o Estatuto da Igualdade Racial, Lei Federal Nº 12.288/2010, disciplina que o Poder Executivo priorizará o repasse dos recursos referentes aos programas e atividades nele previstos aos Estados, Distrito Federal e Municípios que tenham criado conselhos de promoção da igualdade racial.

 “O COMPIR será vinculado diretamente a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social e, tão breve, serão nomeados os conselheiros. Entretanto, o envolvimento da sociedade civil é extremamente importante para garantir o cumprimento de metas e o controle social. Certo é que tal Conselho será ferramenta de grande relevância na busca de uma sociedade mais justa e igualitária.”, finaliza.

A Lei foi sancionada sob nº 2798/2017 e tornou-se válida em âmbito municipal no dia 30 de outubro de 2017.

Ernane Frois

ASCOM: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Com o material, comprado 100% com dinheiro do município, o prefeito Luiz Fernando almeja levar água encanada à aproximadamente 500 famílias itamarandibanas.

 

A Prefeitura de Itamarandiba investiu cerca de R$ 150.000,00, do cofre público municipal, na compra de 13.200 unidades de canos (25, 32 e 50 mm) e de 20 caixas d’águas de 5 e 10 mil litros que servirão para levar água às comunidades e distritos do município.

A aquisição faz parte de audacioso Plano Municipal de Abastecimento que visa ofertar a população, em especial da zona rural, mecanismos que amenizam os transtornos causados com a falta de água em vários pontos do extenso território itamarandibano.

Ao todo foram adquiridos 13.200 unidades de canos, de diferentes espessuras, e 20 reservatórios, de 5 e 10 mil litros, que servirão para levar água às comunidades e distritos do município.

 

Grande parte do material já chegou à Prefeitura e foi conferido de perto pelo prefeito Luiz Fernando Alves, vice-prefeito, Lete Monteiro, e alguns vereadores da base aliada. De acordo com o chefe do executivo municipal, os canos e as caixas d’águas serão utilizados de maneira a respeitar um cronograma de trabalho a ser elaborado pela Secretaria Municipal de Obras, Aviação e Serviços Urbanos. “A água é nosso bem maior e da qual necessitamos para sobreviver. Pensando nisso, elaboramos e, em breve, colocaremos em prática o Plano Municipal de Abastecimento. Com economia e responsabilidade fiscal conseguimos comprar, com dinheiro do próprio município, caixas d’águas e grande quantidade de canos que fará a extensão do sistema de distribuição de água para pessoas e animais.”, explicou Alves.

Prefeito e vice-prefeito, Luiz Fernando e Lete Monteiro, respectivamente, fizeram questão de verificar a entrega e qualidade do material comprado com recurso próprio.  

Com a implantação do Plano Municipal de Abastecimento a Prefeitura de Itamarandiba almeja atender aproximadamente 500 famílias em todo o município. Para tanto, foram investidos R$ 147.442,00 (cento e quarenta e sete mil e quatrocentos e quarenta e dois reais) na aquisição de 10 caixas d’águas de 5 mil litros e 10 caixas d’águas de 10 mil litros e ainda, 5.000 unidades de canos 25 mm, 5.000 unidades de canos 32 mm e 3.200 unidades de canos 50 mm. Com o material será possível fazer aproximadamente 80 quilômetros de rede de distribuição.   

 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Para reformar os quase 05 quilômetros da rodovia, Prefeitura e Aperam viabilizaram mão de obra especializada e 13 maquinários. O findar dos trabalhos trará mais segurança à população itamarandibana que se vê prejudicada com o intenso tráfego de caminhões e carretas no perímetro urbano.

 

A Prefeitura de Itamarandiba, através da Secretaria Municipal de Obras, Viação e Serviços Urbanos, em parceria com a Aperam BioEnergia, deu início, no dia 08 de novembro, a ação de conservação e reestruturação dos 4,9 kms do Anel Rodoviário que liga a MG 214 (sentido Capelinha) a MG 451 (sentido Carbonita).

Para executar a obra que consiste basicamente no patrolamento, cascalhamento, compactação e construção de bacias de contenção de enxurradas, Prefeitura e Aperam BioEnergia disponibilizaram mão de obra e maquinários. A empresa, por exemplo, viabilizou 04 caminhões caçambas, 01 motoniveladora, 01 pá carregadeira e 01 caminhão pipa. Por sua vez, a Prefeitura de Itamarandiba dispôs 02 caminhões caçambas, 01 patrol, 01 pá carregadeira, 01 caminhão pipa e 01 rolo compressor.

Obra no Anel Rodoviário está sendo executada graças a parceria firmada entre Prefeitura de Itamarandiba e Aperam BioEnergia. Esse trabalho em conjunto tem possibilitado a realização de intervenções ao longo de toda a estrada

 

A proposta de trabalho em conjunto surgiu a partir da necessidade de retirar o tráfego de caminhões ‘pesados’ e carretas do perímetro urbano, o que vinha causando grandes transtornos à população de Itamarandiba. “Este não é um simples trabalho de patrolamento; é uma ação complexa que abrange toda a extensão do Anel Rodoviário. E a colaboração da Aperam nesse serviço é de extrema relevância para que possamos realizá-lo em tempo hábil; pois sabemos que a má conservação de tal estrada faz com que caminhões e carretas trafeguem dentro da cidade; trazendo assim insegurança aos transeuntes e causando danos a alguns imóveis, rede elétrica e pavimentação das vias urbanas.”, salientou o gestor municipal de transportes, Dirceu Timóteo Pires.

Vale lembrar que o tráfego de caminhões e/ou qualquer veículo motorizado utilizado em transporte de carga, cujo peso bruto exceda 14 toneladas, passou a ser proibido através do decreto de Nº 2893/2011. No documento, fica determinado que tais automóveis não podem trafegar pelas principais vias do perímetro urbano de Itamarandiba. 

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Construção de passeio ao longo da Rua da Brígida era antiga reivindicação da Associação dos Moradores do Bairro Bom Jesus. Sabedor da importância da obra para a comunidade, o prefeito Luiz Fernando discute com os engenheiros, Otávio Della Testa e Adalto Pires, o melhor a ser feito no local.

 

Com o objetivo de ofertar mais segurança aos transeuntes, a prefeitura de Itamarandiba, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, deu início, no dia 29 de maio, a construção de passeio público na Rua da Brígida, via considerada a principal rota de entrada para o bairro Bom Jesus. A obra, custeada com recurso próprio, é antiga reivindicação da população local e já fora solicitada, de maneira oficial, por diversas vezes pela Associação dos Moradores do Bairro Bom Jesus (AMBJE).

O prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves, juntamente com os engenheiros da Prefeitura, esteve no local para definir detalhes quanto à execução do serviço. Ele explicou que a obra, de 250 metros de comprimento por 2,5 metros de largura, se estenderá por toda a Rua da Brígida, tendo seu início na esquina com Rua Capitão Paula, e seu final na esquina com Rua Sergipe, em frente a quadra esportiva do bairro Bom Jesus.

Recordando que nos primeiros meses de sua gestão algumas ruas do bairro receberam pavimentação e outras passaram por manutenção, o prefeito Luiz Fernando mencionou que a construção do passeio é apenas mais uma etapa da série de mudanças almejadas para a região que apresenta o maior crescimento demográfico na cidade itamarandibana.

Nesse contexto, Alves argumentou que além do passeio, a Rua da Brígida receberá iluminação, ganhará sinalização horizontal e vertical e que a fábrica de pré-moldados da Prefeitura, em um futuro bem próximo, será transferida para outro local. “Tivemos a iniciativa de construir esse passeio público pelo fato de entendermos que a obra trará mais conforto e segurança aos pedestres que trafegam no local diariamente. E para garantir maior tranquilidade àqueles que usam a via à noite, o projeto prevê, também, o assentamento de luminárias em toda a extensão da calçada. Uma coisa é certa! Aspiramos grandes e boas coisas para o bairro Bom Jesus.”.

O presidente da AMBJE, Paulo Afonso Silva, afirmou que a entidade recebia sistematicamente cobranças para que fossem tomadas providências em relação à Rua da Brígida, principalmente no que dizia respeito à segurança das pessoas, a qual segundo ele é deficitária com a falta de iluminação e espaço apropriado para a passagem de pedestres. Silva explicou que a calçada a ser construída faz parte de ambicioso projeto elaborado pela Associação que visa, dentre outras, a revitalização da Praça do Bom Jesus e a construção de espaço de lazer, entretenimentos e cultura. “Estamos muitos felizes e agradecidos por termos tão boa receptividade desta gestão municipal a qual já começou executar parte deste projeto que é a passarela e ainda, em breve, terá a fábrica de pré-moldados transferida para outro lugar. A passarela, uma das ações do ousado projeto, trará mais segurança aos pedestres, e será utilizada para caminhadas de jovens e pessoas idosas, pois seu traçado será diferenciado.”, diz.

O presidente da AMBJE afirmou, ainda, reconhecer as dificuldades enfrentadas pelo município e o esforço do prefeito para atender as demandas solicitadas pela entidade, por isso mesmo, fez questão de agradecer todos os envolvidos na execução da obra.   

Com vista panorâmica e área privilegiada, a revitalização da Praça do Bom Jesus é sonho almejado pelos moradores do bairro. Projeto de reestruturação do local propõe a construção de ambicioso espaço de lazer, entretenimentos e cultura.

Ernane Frois

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Ao longo de uma década cinco redes pluviais, localizadas no principal Trevo de acesso à Itamarandiba, ficaram obstruídas. Com o entupimento das galerias enxurradas e lama desciam para a cidade, causando assim grandes transtornos à população.

 

A Prefeitura de Itamarandiba e o Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), com fundamental apoio da Copasa, realizaram nos dias 24 e 25 de maio a desobstrução de cinco galerias de contenção de enxurradas no trevo entroncamento das MG’s 117, 451 e 214; chegadas dos municípios de Coluna, Carbonita e Senador Modestino Gonçalves.

O prefeito itamarandibano, Luiz Fernando Alves, em companhia do engenheiro da Prefeitura, Otávio Augusto Menezes Della Testa, esteve no local acompanhando de perto os trabalhos de limpeza das redes pluviais que, segundo informações, estavam entupidas há cerca de 10 anos. Ele argumentou que a expurgação dos bueiros irá amenizar os transtornos causados com as enxurradas e lama que descem para dentro da cidade. “Contando com a parceria do DER/MG e Copasa, órgãos aos quais agradecemos, conseguimos retirar das cinco galerias quantidade considerável de lixo e lama que devido ao tempo que ali estavam já tinham petrificado; o que dificultou na conclusão dos trabalhos. Agora com a retirada do material sólido e volumoso que obstruíam as galerias o fluxo da água não será direcionado para os bairros próximos; evitando assim, os alagamentos que tanto prejudicam o cidadão.”, assegura Alves.

A desobstrução de redes pluviais é apenas uma das ações de contenção de enxurradas e lamas; o descarte do lixo deve ser feito com muito cuidado pela população; pois o despejo de rejeitos em vias públicas ou em locais inadequados contribui para grandes transtornos que coloca em risco a saúde pública.

Ernane Frois

Ascom : Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Para a admissão, os aprovados no Processo Seletivo devem preencher, dentre outros requisitos, idade mínima de 16 anos, haver concluído ao menos 20% de seu curso e ter frequência escolar mínima de 75%, além da existência de convênio vigente entre a instituição de ensino e a Prefeitura Municipal de Itamarandiba.

 

A Prefeitura Municipal de Itamarandiba divulgou, na tarde desta terça-feira (23/05), o resultado final dos aprovados no processo seletivo do Programa de Promoção ao Estágio de Estudantes (PPEE). No total 240 pessoas se candidataram para concorrerem às 58 vagas disponíveis nos níveis de ensino superior, médio e da educação profissional técnica de nível médio.

As provas foram aplicadas no dia 13 de maio do corrente ano e a lista dos aprovados pode ser acessada no site oficial do município; CLIQUE AQUI

De acordo com o advogado da Prefeitura, Dr. Pedro Afonso, os aprovados deverão aguardar o ato de convocação; sendo que, a admissão observará as regras estabelecidas no Edital de Seleção de Estagiários Nº 001/2017 - Programa de Promoção ao Estágio de Estudantes (PPEE).

OBS: Matéria atualizada em 05 de junho de 2017. Decreto 4102 retifica o resultado final do processo seletivo. Tal Decreto está afixado no mural de publicações da Prefeitura Municipal de Itamarandiba, à Rua Tabelião Andrade, 205, centro.

Ernane Frois

Ascom - Prefeitura Municipal de Itamarandiba

A Secretaria Municipal de Saúde, por intermédio da Coordenadoria da Atenção Primária, divulgou, na 1ª quinzena de maio, o balanço de atendimentos realizados nas Unidades de Saúde; tanto da sede municipal quanto na zona rural de Itamarandiba. No total, nas 11 unidades da Estratégia de Saúde da Família (ESF) do município, 27.521 procedimentos foram realizados.   

Responsável pelo levantamento, a coordenadora da atenção primária da municipalidade, Luciana Piovezan Fernandes, informou que os dados são referentes aos meses de janeiro, fevereiro, março e abril de 2017. Segundo ela, os números mostram os atendimentos feitos por médicos e enfermeiros em cada Estratégia de Saúde da Família; sendo eles detalhados da seguinte maneira:

  • ESF Central = 2.131 atendimentos;
  • ESF 1º de Maio = 3.144 atendimentos;
  • ESF Dr. José Pavie = 4.037 atendimentos;
  • ESF São Geraldo = 3.140 atendimentos;
  • ESF Dr. Sebastião Gusmão = 2.619 atendimentos;
  • ESF Fazendinha = 2.409 atendimentos;
  • ESF Contrato = 927 atendimentos;
  • ESF Santa Joana = 1.120 atendimentos;
  • ESF Penha de França = 1360 atendimentos;
  • ESF José de Sena Neto (Padre João Afonso) = 1.497 atendimentos;
  • ESF Homem do Campo = 5.137 atendimentos.

 

Em tempo: A Estratégia Saúde da Família (ESF) é composta por equipe multiprofissional que possui, no mínimo, médico generalista ou especialista em saúde da família ou médico de família e comunidade, enfermeiro generalista ou especialista em saúde da família, auxiliar ou técnico de enfermagem e agentes comunitários de saúde (ACS).

Ernane Frois

ASCOM: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

O secretário de saúde de Itamarandiba, Cledimar Alves, e a coordenadora da atenção primária, Luciana Piovezan, receberam com alegria e entusiasmo os novos médicos, Dr. Juan José e Dra. Betsy Leon.

 

A Prefeitura de Itamarandiba, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, recebeu recentemente 02 (dois) novos profissionais pelo “Programa Mais Médicos”, do Governo Federal. Os clínicos gerais Dr. Juan José Godoy Soares e Dra. Betsy Leon Loriga já estão em Itamarandiba atendendo a população nas unidades da Estratégia da Saúde da Família (ESF). Os dois são naturais de Cuba e foram recepcionados pelo secretário municipal de saúde, Cledimar Alves, e pela coordenadora da atenção primária, Luciana Piovezan Fernandes.

A chegada dos dois médicos tem por objetivo suprir a demanda de tais profissionais na área da saúde, bem como preencher a lacuna criada com a saída dos outros doutores cubanos; os quais, com o vencimento de seus contratos, se viram na obrigação de retornarem ao país de origem. “Ao propormos ofertar aos cidadãos uma saúde de qualidade temos a plena convicção da importância dos médicos neste processo. Sendo assim, a Prefeitura se mobilizou e conseguiu que Dr. Juan José e Dra. Betsy Leon fossem designados para Itamarandiba em um tempo recorde. Ao mesmo tempo em que reconhecemos e agradecemos os outros médicos cubanos pelo excelente trabalho desempenhado junto ao nosso povo; damos boas-vindas aos seus conterrâneos Dr. Juan e Dra. Betsy.”, disse o secretário Cledimar.  

A exemplo de seus compatriotas, os médicos cubanos, Dr. Juan José e Dra. Betsy Leon, prestarão relevantes serviços à população de Itamarandiba.  

 

A chegada de mais dois médicos reforça o comprometimento da Prefeitura e Secretaria Municipal de Saúde para com a área da saúde no município. Em março passado, a Prefeitura já havia contratado 01 pediatra e 01 ortopedista; aumentando assim consideravelmente o número de médicos, de diferentes especialidades, em Itamarandiba.

Ernane Frois

ASCOM: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

 

Endereço

Rede Social